Feira para Pessoa com Deficiência é sucesso em Angra

Mais de 100 pessoas entregaram seus currículos para as empresas presentes no evento

Quarta-Feira, 12/10/2022 | Secretaria Executiva de Comunicação .

Nesta terça-feira, 11 de outubro, é comemorado o Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Física (PCD). Para lembrar a data, a Prefeitura realizou a 1ª Feira de Empregos para PCD de Angra dos Reis.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, 120 pessoas participaram da ação realizada pela pasta, das 9h às 16h, no CEA (Centro de Estudos Ambientais), na Praia da Chácara. Oito empresas privadas do município montaram seus stands e receberam currículos. Foram disponibilizadas 112 vagas de emprego e quatro para estágio.

O contador Lucas da Silva Freire tem 23 anos e é cadeirante. Ele deixou currículos em todos os stands presentes para tentar uma vaga em sua área.

- Essa ação é muito importante, pois geralmente PCDs estão abandonados no mercado de trabalho. Muito bom este incentivo da prefeitura para que tenhamos nosso emprego, nossa dignidade. Isso pode mudar a nossa vida, dar autoestima. Agora vou aguardar ansioso pelo contato de alguma dessas empresas, disse Lucas.

Quem também foi buscar uma oportunidade foi Lucas Cardoso de Araújo, de 28 anos, que trabalha como barman. Ele teve toxoplasmose e perdeu parcialmente a visão.
- Gostaria de conseguir um emprego com uma carga horária melhor, pois hoje chego em casa muito tarde e minha esposa está grávida. Infelizmente não são todos os locais que aceitam PCDs nos dias de hoje. É muito bacana esta ação aqui no CEA. Parabéns aos envolvidos. Espero conseguir algo.

Além do recebimento de currículos, a equipe da secretaria orientou sobre a confecção do documento, apresentou a plataforma Banco de Talentos, o Projeto Cidade Inclusiva, entre outras ações.

O secretário de Desenvolvimento Social, Aurélio Marques, disse que a feira foi um sucesso.

- Isto é humanização. É trazer aquela pessoa que está dentro de casa, às vezes triste, sem saber o que fazer, sem emprego. Estou muito feliz. Isso é dar dignidade para PCDs. Lembrando que o processo de contratação será feito totalmente pela empresa, sem interferência política. Isso é ótimo. Agradeço aos que vieram deixar os currículos e as empresas que aqui estiveram - disse Aurélio.
O secretário lembrou ainda sobre a lei de cotas para PCDs (art. 93 da Lei nº8.213/91).
- Essa lei estabelece que empresas com um número igual ou superior a 100 funcionários devem preencher parte de seus cargos com pessoas com deficiência - completou Aurélio.

Para a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Angra, Rita de Fátima, a feira chegou em um momento oportuno.

- Parabéns ao governo, que, com essa ação, tira essas pessoas do anonimato, dando a elas a oportunidade de serem inseridas no mercado de trabalho - destacou Rita.

O secretário de Governo e Relações Institucionais, Cláudio Sírio, estava presente na feira e comentou sobre o evento.

- Uma ação importante para criarmos uma cidade mais humana, que atenda a todos, que seja inclusiva. Nossa intenção é ter uma cidade que sirva de exemplo para outras do país. Somos a cidade que mais gera empregos na região Sul fluminense, e esta feira aproxima PCDs dessas oportunidades - ressaltou Cláudio Sírio.

Uma das empresas participantes foi a concessionária que explora o serviço de transporte público no município.

- A inclusão é uma pauta constante na empresa, que busca de forma contínua atender as demandas da população angrense. Participar deste evento é mostrar que a Viação Senhor do Bonfim está de portas abertas para todos, com o objetivo de construir uma cidade mais inclusiva, ressaltou Jário Morais, gerente administrativo da Bonfim.