Obras beneficiam mais de oito mil pessoas na Monsuaba

Investimento no esgotamento sanitário e em enrocamento vão melhorar a qualidade de vida dos moradores do bairro

Segunda-Feira, 12/09/2022 | Secretaria Executiva de Comunicação .

A Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria de Obras e do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), está trabalhado para atender as demandas dos bairros de Angra dos Reis. Na Monsuaba, estão sendo realizadas obras no esgotamento sanitário e de enrocamento que vão impactar positivamente a vida de mais de oito mil moradores.

A coleta e o tratamento de esgoto da Monsuaba vão possibilitar a despoluição da praia e a revitalização de toda a orla, evitando que cerca de 1 milhão de litros de esgoto sejam despejados indevidamente.

- A Prefeitura de Angra continua trabalhando para trazer melhorias em vários setores nas diversas localidades da cidade. Na Monsuaba, vamos fazer com que 100% do bairro seja beneficiado com as melhorias – destacou o presidente do SAAE, Alexandre Giovanetti, durante visita às obras com o prefeito Fernando Jordão e o secretário de Governo, Cláudio Ferreti.

No total, serão 16 mil metros de redes coletoras e duas elevatórias, na Avenida Bertoldo da Silva Jordão, melhorando o saneamento básico de 8.500 pessoas no bairro. A previsão é de que a obra de saneamento na Monsuaba fique pronta em até o final de outubro de 2022.

- Moro na Monsuaba há mais de 20 anos e sempre foi um sonho de todos os moradores verem a praia despoluída e própria para o uso. A Prefeitura vem atendendo sempre que nosso bairro precisa e a população vai sempre agradecer pelo legado que essas melhorias deixam para a gente – comentou Ubirajara Barbosa, morador da Monsuaba.

A orla da Monsuaba também está recebendo uma obra de enrocamento com pedras em três canais. Os objetivos principais são a estabilização e proteção das margens, sob o ponto de vista hidráulico, mantendo a seção do curso d‘água estável e dentro dos limites estabelecidos para a sua utilização. A obra também vai evitar a erosão das margens com perda de material, melhorar o alinhamento do fluxo do rio, contribuir com a estabilidade geotécnica e com a manutenção, aspectos visuais e paisagísticos, limpeza, prevenindo o assoreamento dos canais e os alagamentos em áreas próximas.

- A obra garante o favorecimento do fluxo de água, fazendo com que os alagamentos sejam evitados com as fortes chuvas que atingem o município – afirmou o secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Cristiano Manhães.