Angra no 9º Encontro Brasileiro de Cidades Históricas

Evento teve como objetivo debater sobre as formas de uso sustentável do patrimônio de localidades históricas

Quarta-Feira, 17/08/2022 | Secretaria Executiva de Comunicação .

A cidade mineira de Diamantina recebeu entre os dias 11 e 13 de agosto, o 9º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial, realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM). A cidade de Angra dos Reis foi representada no evento por Andrei Lara, secretário de Cultura e Patrimônio, e por Marc Olichon, presidente da TurisAngra.

– Foram dias de debates riquíssimos e trocas de experiências com representantes das cidades históricas que são consideradas patrimônio mundial. Até o final do ano, a Ilha Grande receberá totens que identificarão o local como Patrimônio Mundial da Unesco. A partir disso, o morador e o turista valorizarão ainda mais a beleza natural que temos – frisou Andrei Lara, revelando que, em breve, será assinado um termo de cooperação entre cidades históricas, com o objetivo de preservar e fomentar o patrimônio histórico e natural.

O principal foco do encontro foi o debate acerca do uso sustentável do patrimônio de localidades históricas e seus mecanismos de fortalecimento do turismo e geração de desenvolvimento, especialmente em tempos de pós-pandemia. Estiveram presentes representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), da Secretaria Especial da Cultura, da Embratur, do Sebrae Nacional e da Unesco, entre outros.

O prefeito de Paraty, Luciano Vidal, também esteve em Diamantina e voltou com a confirmação de que a cidade histórica será a sede do 10º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial, previsto para ocorrer em meados de 2023.

– Junto às cidades de Paraty, Ouro Preto e Salvador, construiremos ações que ajudem no fomento deste setor. É muito importante acompanharmos o que deu certo nestes locais por meio da parceria público privada, para que implantemos esses êxitos em nossa cidade. Estamos unidos com o propósito de avançarmos no tema e gerarmos frutos para a cultura e a economia local – pontuou o secretário.