Angra faz seminário para avaliação da rede pública de ensino

Encontros têm como público-alvo gestores, pedagogos do Ensino Fundamental, auxiliares de direção e professores da Língua Portuguesa e Matemática

Terça-Feira, 26/07/2022 | Secretaria Executiva de Comunicação .

O período de isolamento por causa da pandemia da Covid-19 influenciou a vida da população mundial. Com as crianças e adolescente não foi diferente, passando do cotidiano escolar presencial às aulas virtuais. Diante isso, um sistema de avaliação do ensino é mais importante do que nunca.

Para tal, a Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria de Educação, Juventude e Inovação, realiza nesta terça e quarta-feira, dias 26 e 27, no auditório da Universidade Estácio de Sá, em Jacuecanga, o Avaliar: seminário para implantação do Sistema de Avaliação da Rede Pública Municipal de Ensino. No primeiro dia, cerca de 120 gestores e pedagogos do Ensino Fundamental participam do evento. Já na quarta-feira, são quase 150 auxiliares de direção e professores da Língua Portuguesa e Matemática.

Este já é o quinto encontro e terceiro seminário com o objetivo de preparar os profissionais da rede pública de educação municipal para uma avaliação diagnóstica da aprendizagem de competências de Língua Portuguesa e Matemática para estudantes do 2º ao 9º ano do Ensino Fundamental. A avaliação servirá como importante instrumento no planejamento de políticas públicas e ações pedagógicas dando mais um importante passo rumo à qualidade do ensino.

Para o secretário de Educação, Juventude e Inovação, Paulo Fortunato, educação não se faz da noite para o dia e sim num processo que será traduzido no sucesso de nossos estudantes.

- Agora, mais do que nunca, é hora de conversarmos sobre avaliação. Não podemos ficar estagnados na forma de fazer educação. Temos mudanças de paradigmas no mundo que têm que ser levadas em consideração, porque atualmente o mundo entra em sala de aula. A gente precisa de um novo olhar para caminhar em sintonia, dialogando numa via da secretaria para a escola e da escola para a secretaria. Com um sistema para avaliar, diagnosticar e aprimorar o ensino, poderemos compreender o que poderá ser retomado, implantado e priorizado no planejamento pedagógico. Um olhar amplo da rede pode nortear as ações a serem implantadas pela Prefeitura de Angra - ressaltou Paulo.

Para a capacitação dos profissionais na implantação do sistema de avaliação de Angra, a Secretaria de Educação conta com a parceira do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF), uma fundação que tem compromisso irrestrito com a qualidade da educação pública brasileira em parceria com as redes públicas de ensino do país.

Nestes dois dias de seminário, Josiane Toledo, doutora em Educação, representou o CAEd, trabalhando com os ouvintes diversos conceitos e práticas para um Sistema Integrado de Avaliação das Redes de Ensino como forma de melhorar o desempenho dos alunos.

- Nós precisamos saber como estão os alunos em sala de aula na atualidade, e para isso a ferramenta ideal é um sistema de avaliação. Temos que nos dedicar principalmente a estes instrumentos e sistemas de avaliação e gestão da educação básica – enfatizou Josiane, que atua, principalmente, no tema Avaliação, Políticas Públicas e Escala de Proficiência em Leitura e Escrita.