Prefeitura reforça medidas de ordenamento em Angra

Neste fim de ano, haverá barreiras nas estradas e rondas nas estações de barco e corredores turísticos

Quarta-Feira, 29/12/2021 | Secretaria Executiva de Comunicação .

A Prefeitura de Angra vem realizando um trabalho conjunto envolvendo várias secretarias com o objetivo de melhor ordenar o turismo neste final de ano. Uma reunião ocorrida na terça-feira (28), no Salão Nobre, acertou os últimos detalhes das ações.

A expectativa é de que um número alto de turistas visite a cidade neste Réveillon. Segundo a Turisangra, 95% dos meios de hospedagem estão com suas vagas esgotadas para o feriado.

De sexta-feira (31) a domingo (2), haverá barreiras na RJ-155 e na Rodovia Rio-Santos, com o objetivo de coibir a entrada ilegal de veículos turísticos no município. Só poderão entrar na cidade vans ou ônibus turísticos devidamente autorizados pela TurisAngra. O pedido de solicitação deve ser feito com 72 horas de antecedência por meio do site www.angra.rj.gov.br.

A TurisAngra também está preparando ações de ordenamento nas Estações de Santa Luzia, no Centro, e no Abraão, na Ilha Grande, e também na Praia do Japariz, local onde ficam localizados os restaurantes frequentados pelos passageiros das escunas. Estão programadas ainda rondas pelos corredores turísticos.

Para realizar essas ações, a TurisAngra e a Secretaria Executiva de Segurança Pública contam com o apoio do Departamento de Transporte Rodoviário do Estado do Rio de Janeiro (Detro), Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), Departamento de Trânsito, Departamento de Postura, Instituto Municipal do Ambiente de Angra dos Reis (Imaar), Defesa Civil, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Capitania dos Portos.

DECRETO

No Boletim Oficial desta quarta-feira (29) sairá um decreto reforçando algumas medidas de fiscalização e ordenamento dos espaços públicos para o verão. Uma delas é a proibição de vendas de produtos ou serviços turísticos nos espaços públicos, por si ou por terceiros - os chamados “papagaios”.

Agentes públicos estarão autorizados a lavrar auto de constatação quando estiverem diante de clara manifestação de infração da ordem pública como, por exemplo, preparo de alimentos, incluindo churrasco em praias, costões rochosos, cachoeiras e praças; estacionamento em local irregular e utilização indevida de espaço público.

Veículos turísticos (vans, micro-ônibus e ônibus) continuam proibidos de entrar na cidade transportando alimentos e bebidas. Os infratores estarão sujeitos a multas e demais penalidades. Também é vedado o embarque de alimentos e bebidas nas embarcações (escuna, saveiro e catamarã). A comercialização de bebida pelo proprietário da embarcação está liberada, desde que respeite os protocolos sanitários.