Licitação para captação de água em Mambucaba é autorizada

Cerimônia também marcou a autorização do processo licitatório da reservação de água no Bracuí

Quinta-Feira, 07/10/2021 | Superintendência de Comunicação .

Mais de 45 mil moradores do 4º distrito do município de Angra dos Reis serão contemplados com melhorias no sistema de abastecimento de água. Uma cerimônia, ocorrida na tarde desta quinta-feira (7), no Centro de Estudos Ambientais (CEA), na Praia da Chácara, marcou a autorização para a realização do processo licitatório das obras de Captação de Água em Mambucaba e de Reservação de Água no Bracuí, viabilizadas por meio do convênio firmado entre a Prefeitura de Angra e a Eletronuclear.

O documento foi assinado pelo prefeito de Angra e pelo presidente da Eletronuclear, com a presença de vereadores.

- Este é um momento muito feliz. Já fizemos muitas obras no Parque Mambucaba e no Bracuí e vamos continuar realizando para que a população seja ainda melhor atendida no seu próprio bairro. O nosso município está bem estruturado, com investimentos em todas as áreas – lembrou o prefeito, agradecendo a presença das associações de moradores dos bairros.

Para o presidente da Eletronuclear, a assinatura pode ser encarada como o início de um novo momento.

- É uma satisfação ver este projeto se concretizando. Que ele seja um marco zero, simbolizando a virada de jogo pós pandemia e dificuldades sociais – destacou, lembrando que as obras de Angra 3 devem ser licitadas ainda neste ano, gerando 1.500 empregos diretos nos primeiros meses.

OBRAS EM MAMBUCABA E NO BRACUÍ

As intervenções serão executadas pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Angra dos Reis e fazem parte do conjunto de investimentos na área de saneamento, como contrapartida ambiental para a implantação de Angra 3. As obras de Mambucaba beneficiarão mais de 30 mil pessoas, enquanto as do Bracuí impactarão a vida de mais de 15 mil moradores.

- Hoje é um marco, pois começamos a materializar projetos que vão atender às necessidades dos moradores de Mambucaba e do Bracuí. Nosso objetivo é continuar trabalhando para dar resposta também aos problemas enfrentados em outros bairros, como a Baqueta e a Grande Japuíba – frisou o presidente do Saae.

O Parque Mambucaba receberá uma nova captação no rio Mambucaba (principal manancial da região), o que garantirá resiliência ao sistema atual e o pleno abastecimento, mesmo nos meses secos. A obra tem previsão para durar 12 meses e o investimento será de aproximadamente R$ 3,8 milhões.

Já o Bracuí passará a contar com um novo reservatório de 800 mil litros, aumentando em mais de oito vezes a capacidade de reservação, visto que o sistema atual possui 100 mil litros. Com investimento na ordem de R$ 1,1 milhão, a obra tem previsão de durar seis meses.

- Este convênio executado pelo Saae é uma demonstração da execução de políticas públicas que vão permanecer. Vamos continuar trabalhando para que outros convênios saiam do papel, beneficiando a nossa população, como o saneamento do Centro da cidade e projetos da saúde e da Defesa Civil – finalizou o secretário de Governo.