Angra visa à reconstrução do setor de eventos

Prefeitura tem buscado parcerias para o resgate da Procissão Marítima e estuda a participação de escolas de samba do Rio no evento

Quarta-Feira, 21/07/2021 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra criou a Secretaria de Eventos com a finalidade de dar especial atenção a este importante segmento. Sua missão é reformular os já conhecidos e tradicionais eventos que compõem o calendário da cidade, assim como atrair mais festividades para Angra.

Nesse cenário, a Procissão Marítima, que é um dos maiores e mais peculiares eventos de Angra dos Reis, chegando a sua 43ª edição em 2022, terá atenção especial voltada para o resgate de sua magnitude e tradições.

Com o avanço da vacinação no município, a Secretaria de Eventos já está preparando uma Procissão Marítima para ser inesquecível para angrenses e turistas, resgatando o famoso rebocador e um show com um DJ no mar, seguido de outra apresentação na Praia do Anil.

Outra ideia é trazer algumas agremiações do grupo especial da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), que colocariam no mar de Angra traineiras alegóricas, colorindo ainda mais a Baía da Ilha Grande no primeiro dia do ano. Estas embarcações não competirão com os barcos de galeras organizadas.

- A economia ainda está muito fragilizada por conta da pandemia e um dos caminhos que estamos trilhando para a viabilidade financeira é o enquadramento na Lei Estadual de Incentivo à Cultura para capitação junto a iniciativa privada. Estivemos, recentemente, com o subsecretário de Grandes Eventos do Estado, Marcelo Monfort, para apresentar nosso trabalho e buscar parceria para ampliar ainda mais os eventos em Angra dos Reis - contou o secretário de Eventos.

Segundo ele, os eventos serão de suma importância na recuperação da economia local, como um atrativo para o turismo, que é um dos setores mais importantes da economia do município, com grande potencial de geração de emprego e renda.

- Desde o primeiro dia de trabalho, nossa equipe tem buscado novas parcerias, assim como elaborado e reformulado as já conhecidos e tradicionais atrações que preenchem o calendário de eventos do município. Outro foco é o resgate de eventos que deixaram de ser realizados, assim como a busca por novos eventos, que aconteceriam em outros municípios – informou o secretário de Eventos, acrescentando que o diálogo com as entidades e órgãos, necessário para a viabilização de eventos de grande porte, tem sido constante.

Secretarias relacionadas: Eventos