Angra busca parcerias via governo federal

Prefeito e secretária nacional discutiram parcerias público-privadas e projetos para o município

Quinta-Feira, 27/05/2021 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra dos Reis segue em busca de parcerias para projetos em diversas frentes que tragam benefícios à cidade e à população. Na quarta-feira (26), o prefeito se reuniu em Brasília com a secretária especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) para tratar dos avanços da carteira de projetos do município. Ele esteve acompanhado do secretário de Planejamento e Gestão Estratégica do município. O prefeito apresentou os diversos projetos em andamento em Angra para atrair investimentos e parcerias público-privadas (PPPs).

– Temos diversas iniciativas em estruturação e queremos contar com o apoio do governo federal, via PPI, em novos projetos de parcerias que pretendemos implementar no munícipio – disse o prefeito.

A prefeitura tem projetos em diversas fases, como a concessão dos serviços de manejo de Resíduos Sólidos Urbanos; o Parque da Cidade, voltado para ecoturismo, preservação ambiental e geração de empregos, cuja consulta pública está prevista para ser iniciada nas próximas duas semanas; o Centro Administrativo, com 12 mil m2, para abrigar sedes de secretarias municipais que hoje estão em espaços alugados, o que deve proporcionar uma redução de R$ 6 a R$ 11 milhões por ano dos gastos públicos.

Outro dos principais projetos é o Cidade Inteligente, que tem como objetivo instalar fibra ótica, câmeras de monitoramento, estacionamento rotativo e outras inovações tecnológicas na cidade. Estuda-se a possibilidade de incluir o Cidade Inteligente na PPP de Iluminação Pública que já vem sendo implementada.

A secretária do PPI elogiou a carteira de projetos de Angra dos Reis. Para ela, o município tem se destacado pela quantidade, qualidade e pela fase avançada de alguns deles.

– Chama atenção a quantidade de projetos que a prefeitura de Angra está desenvolvendo para atrair investimentos privados via parcerias. Certamente a população se beneficiará com esse planejamento e a vinda desses investimentos com mais serviços de qualidade e mais empregos – disse ela. – Desde 2019, o PPI busca dar o apoio necessário, de modo a fortalecer e ampliar a interação dos estados e municípios com a iniciativa privada, trazendo o parceiro privado para viabilizar os equipamentos que o poder público não tem condições de construir e operar – completou a secretária.

– A equipe do PPI é muito técnica e competente. A reunião foi muito positiva, e já iremos dar encaminhamentos em algumas parcerias, com novas agendas, analisando alguns apoios que solicitamos por ofício – avaliou o secretário-executivo municipal de Planejamento e Gestão.