Combate à exploração sexual contra crianças e adolescentes

Equipe do Creas lembra a importância da data, celebrada nesta terça-feira, 18 de maio

Terça-Feira, 18/05/2021 | Superintendência de Comunicação .

O Brasil todo celebra nesta terça-feira, 18 de maio, o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, em memória à menina Araceli Crespo, de 8 anos, que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973.

Em Angra dos Reis, o dia foi lembrado pela equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), equipamento da Secretaria de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania / Secretaria Executiva de Assistência Social.

- Por ser um tipo de violência que acontece dentro do seio familiar, viu-se a necessidade de fazer uma campanha de mobilização para que as pessoas ficassem atentas a alguns sinais que as crianças começam a apresentar. São pedidos de socorro muitos singelos para os quais precisamos estar sempre atentos, principalmente com mudanças bruscas de comportamento – destacou a assessora de Proteção Social Especial.

O Creas tem a missão de acompanhar as famílias diante de situações de violação de direitos, identificar suas demandas e encaminhá-las para o atendimento na rede de serviços. Para isso, o equipamento conta com profissionais como assistente social, psicóloga, assessoria jurídica e orientador social.

A coordenadora do Creas lembra que os casos de denúncia de violência contra criança devem ser relatados ao Disque 100, Conselho Tutelar (3365-6452/3365-3522), Deam ( 3377-3315 / 3377-4812) ou à 166ª DP (3377-8611).

- O Creas funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h, na rua Almirante Machado Portela, nº 58, no Balneário, e atende pelos telefones 3365-5167 e 3365-6895. Nossa missão é zelar pelas famílias que têm seus direitos violados – informou a coordenadora.