Festa do Divino Espírito Santo

Missas, Folia do Divino, recolhimento de alimentos para doação e uma exposição na Casa de Cultura marcam os festejos de 2021

Quarta-Feira, 12/05/2021 | Superintendência de Comunicação .

Nesta semana começa uma das maiores e mais importantes manifestações culturais de Angra dos Reis, a Festa do Divino Espírito Santo. As atividades se iniciam na sexta-feira, dia 14, e vão até o dia 23 deste mês. O festejo é organizado pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição e tem o apoio da Prefeitura de Angra dos Reis, que incentiva a cultura e busca manter as raízes e tradições culturais do município.

A festa celebra a descida do Espírito Santo. A solenidade é comemorada 50 dias após a Páscoa. As atividades realizadas vão se concentrar principalmente na Igreja Matriz, local das missas, e na Casa de Cultura Poeta Brasil dos Reis, onde ficará montado o império do divino.

A caridade é um dos preceitos da celebração. Por isso estarão sendo recolhidos alimentos não perecíveis como doação (confira abaixo na programação). Os alimentos serão revertidos para pessoas seriamente afetadas por conta da pandemia. Ainda devido à pandemia, a festa neste ano será reduzida e não teremos as danças folclóricas.

O público poderá visitar a exposição do Império do Divino Espírito Santo, na Casa de Cultura Poeta Brasil dos Reis (esquina da Rua do Comércio com a avenida Raul Pompeia), entre os dias 18 de maio a 6 de junho. Lá está sendo montado um altar para que os devotos, durante os dias de festejos, possam venerar às insígnias da festa. Oratório, bandeiras, estandartes e banners vão contar a tradição da celebração do Divino Espírito Santo em Portugal e Angra dos Reis. A visitação é das 9h às 17h, de segunda a sexta; e das 9h às 13h, aos sábados e domingos.

Os principais personagens da festa do Divino Espírito Santo estão finalizando os últimos detalhes para os dias de celebração e fé. Neste ano, o Menino Imperador será João Felipe Azevedo Oliveira, de 12 anos. Os festeiros serão Alonso de Oliveira e Laura Nascimento Mello. O pároco e o vigário são os freis Marcelo de Jesus Maciel e Petrônio de Miranda, respectivamente.

UM POUCO DA HISTÓRIA
Surgida no século XII, a festa foi no início difundida pelos franciscanos.
Mais tarde, já no século XIV, a rainha de Portugal, D. Isabel, introduziu a festa em Alenquer, tendo por preceito básico a fraternidade. Os fundamentos do culto ao Espírito Santo até hoje são o agradecimento pelos dons recebidos e graças alcançadas, a promoção da caridade e da vivência comunitária.

Introduzida no arquipélago açoriano, a festa tomou grande vulto, sendo o Espírito Santo muito invocado. Ainda hoje, por lá ela é considerada a principal festa realizada, onde em praticamente todas as freguesias encontra-se os populares impérios do Espírito Santo. São capelas e altares onde são colocadas as insígnias da festa: coroa, salva, cetro e a bandeira do Divino Espírito Santo.

PROGRAMAÇÃO

Sexta-feira, dia 14:
6h – Repicar dos sinos
18h30 – Saída da Folia do Divino, da prefeitura para a Igreja Matriz
19h – Missa com ladainha e benção da coroa, cetro, salva e bandeira do Divino Espírito Santo
Doação/oferta do dia: óleo

Sábado, dia 15:
18h30 – Saída da Folia do Divino, da Casa Larangeiras para a Igreja Matriz
19h – Missa e ladainha
Doação/oferta do dia: sal

Domingo, dia 16:
7h e 9h – Missas na Igreja Matriz
18h30 – Saída da Folia do Divino da Câmara Municipal para a Igreja Matriz
19h – Missa
Doação/oferta do dia: biscoito

Segunda-feira, dia 17:
18h30 – Saída da Folia do Divino, do Império da Casa de Cultura para a Igreja Matriz
19h – Missa e ladainha
Doação/oferta do dia: açúcar

Terça-feira, dia 18:
18h30 – Saída da Folia do Divino, do Império da Casa de Cultura para a Igreja Matriz
19h – Missa e ladainha
Doação/oferta do dia: macarrão

Quarta-feira, dia 19
18h30 – Saída da Folia do Divino, do Império da Casa de Cultura para a Igreja Matriz
19h – Missa e ladainha
Doação/oferta do dia: arroz

Quinta-feira, dia 20
18h30 – Saída da Folia do Divino, do Império da Casa de Cultura para a Igreja Matriz
19h – Missa e ladainha
Doação/oferta do dia: pó de café

Sexta-feira, dia 21
18h30 – Saída da Folia do Divino, do Império da Casa de Cultura para a Igreja Matriz
19h – Missa e ladainha, com coroação do Menino Imperador
Doação/oferta do dia: feijão

Sábado, dia 22
18h30 – Saída da Folia do Divino, do Império da Casa de Cultura para a Igreja Matriz
19h – Missa e ladainha
Doação/oferta do dia: fubá

FESTA: DOMINGO, DIA 23
6h – Alvorada festiva
7h – Missa festiva na Igreja Matriz
9h30 – Saída da bandeira e dos festeiros, do império da Casa de Cultura para a Igreja Matriz
10h – Missa na Igreja Matriz
16h – Missa na Igreja Matriz, seguida de carreata com o emblema do Divino Espírito Santo, logo após anúncio dos novos festeiros e descoroação do imperador.