Angra entrega Carteira Nacional do Artesão

30 artesãos receberam o documento na manhã desta terça-feira (11), no Teatro Municipal

Terça-Feira, 11/05/2021 | Superintendência de Comunicação .

Esta terça-feira (11) foi um dia especial para 30 artífices de Angra dos Reis, que receberam dos representantes do Programa de Artesanato Estadual, vinculado à Secretaria de Estado de Turismo, a Carteira Nacional do Artesão. A entrega ocorreu no Teatro Municipal Dr. Câmara Torres, com a presença do secretário-executivo de Cultura e Patrimônio do município, do secretário de Estado de Turismo e da deputada estadual de Angra dos Reis,

- O retorno da entrega da Carteira Nacional do Artesão foi uma das primeiras indicações que fiz enquanto parlamentar, na Alerj. Ela é mais do que um documento, é uma conquista importante para todos os profissionais do setor, pois garante benefícios como microcrédito e qualificação – explicou a deputada.

Como destacou a deputada, a Carteira Nacional do Artesão garante diversos benefícios, como a participação em feiras, a obtenção de microcrédito e descontos na compra de matéria-prima. O documento é adquirido após os requerentes cumprirem todas as etapas do cadastro. E sobre assunto, o secretário de Estado de Turismo deu uma boa notícia.

- Em breve, vamos anunciar um calendário para novos cadastros para a obtenção da Carteira Nacional do Artesão. O artesanato tem uma importância grande no turismo e nós não vamos medir esforços para alavancar este setor no nosso Estado – garantiu o secretário de Estado de Turismo.

Após enumerar as conquistas da cultura de Angra dos Reis nos primeiros meses deste ano, mesmo em meio à pandemia, o secretário-executiva de Cultura e Patrimônio destacou a importância do momento.

- Hoje é um momento muito importante para a nossa cidade e para os nossos artesãos, em especial. A Casa do Artesão já é um sucesso e, com o nosso artesanato sendo aprimorado e qualificado, teremos muitos outros avanços – frisou o secretário-executivo de Cultura.

A realização pela conquista era visível nos olhos dos artesãos. Entre eles estava Margarete dos Santos, moradora da Japuíba, que há oito anos vive uma história de amor com o artesanato, depois de ter sido curada por ele de uma depressão.

- Hoje o artesanato é minha fonte de renda. Espero que com a Carteira Nacional do Artesão tenha mais oportunidade para exercer e expor o meu trabalho – revelou a artesã Margarete dos Santos.

Também foram contempladas pessoas que têm no artesanato uma fonte de renda complementar, como a agente comunitária de saúde, Sandra Regina de Albuquerque, moradora da Itinga.

- Atualmente, trabalho com missangas e fitas. Espero investir no artesanato assim que aposentar e a Carteira do Artesão vai ser muito importante para isso – destacou Sandra Regina.

A entrega das carteiras foi prestigiada também pelos secretários de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania e de Assistência Social, os vereadores da Comissão de Cultura da Câmara Municipal, empresários e representantes da Secretaria de Estado de Turismo.