Abordagem social é tema de capacitação

Foram discutidas as ações de atendimento à população que utiliza espaços públicos como forma de moradia ou sobrevivência

Quarta-Feira, 28/04/2021 | Superintendência de Comunicação .

Com o objetivo de capacitar os profissionais que atuam diretamente com a população em situação de rua, a Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania/Secretaria Executiva de Assistência Social, realizou na manhã de hoje (27) uma capacitação sobre o Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS).

A capacitação foi ministrada pela coordenadora da Média Complexidade da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Ana Paula Rosalino. Foram discutidas as ações e os impasses do trabalho realizado com a população que utiliza espaços públicos como forma de moradia ou sobrevivência.

O serviço de abordagem social é ofertado pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de forma continuada e programada. Sua finalidade é assegurar o trabalho social de abordagem e busca ativa para identificar nos territórios a incidência de trabalho infantil, exploração sexual de crianças e a adolescentes, bem como pessoas adultas em situação de rua.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania, Eduardo Sampaio, o serviço de abordagem deve buscar promover a inserção das pessoas em situação de rua na rede de serviços socioassistenciais. Ele também ressaltou a importância do trabalho articulado com as demais políticas públicas, visando uma perspectiva de garantia de direitos e saída das ruas.