Angra autoriza operação de gás natural canalizado

A licença foi concedida, na tarde dessa terça-feira (20), pelo prefeito

Quarta-Feira, 21/04/2021 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra, por meio do Instituto Municipal do Ambiente (Imaar), acaba de conceder autorização para que a Companhia Naturgy inicie a operação de Gás Natural Canalizado (GNC) no município. A licença foi concedida, na tarde de ontem (20), pelo prefeito, em uma reunião com representantes da empresa.

- Agora, as residências, indústrias e comércios vão poder contar com GNC como alternativa, um gás de qualidade e mais seguro – frisou o prefeito ao lado do secretário de Governo.

A expectativa é de que em três meses as operações sejam iniciadas, a princípio, na rede já existente que liga os bairros Belém e Areal, passando pelas ruas Japoranga e Francelino Alves de Lima, chegando até o Condomínio Vale da Banqueta.

- Atualmente, o município possui 3,4 km de redes de distribuição construídas e 46 ramais responsáveis pela entrega de gás para os clientes. O potencial de consumo é de 15.521m³ ao dia, fornecidos por meio de uma estação de armazenamento e descompressão, no Belém. Esta liberação vai permitir a expansão da rede até o Centro da cidade – informou o representante do setor de Projetos e Construções AP e Clientes Industriais.

Segundo o presidente do Imaar, esta é uma ação de inovação que traz para Angra um empreendimento comum às grandes cidades.

- Conseguimos viabilizar este empreendimento e oferecer para a cidade uma alternativa de fornecimento de gás. Isso é bom para a economia do município. A iniciativa também tem caráter social, uma vez que foca nos conjuntos populares, como o Condomínio Vale da Banqueta e os Condomínios Cidadão da UPA e do Areal, com uma taxa popular regulada pelo Governo do Estado – informou.