Unacon de Angra realiza cirurgias de alta complexidade

Dois procedimentos ocorreram no último sábado (12), no HMJ

Quinta-Feira, 17/12/2020 | Superintendência de Comunicação .

A Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) de Angra dos Reis completou dois meses e meio de funcionamento com um importante feito: a realização de cirurgias de alta complexidade. De acordo com o secretário-executivo de Atenção Oncológica, no último sábado (12) foram realizados dois procedimentos oncológicos de grande porte e mais dois estão agendados.

- Realizamos, com sucesso, cirurgias oncológicas de estômago e intestino, e os pacientes tiveram alta ontem, passando bem. Já no próximo sábado irão ocorrer, no Centro Cirúrgico do HMJ, cirurgias de intestino e útero – informou.

Somente nesta quinta-feira (17), a Unacon atendeu a 22 pacientes: foram seis quimioterapias, duas hormonioterapias e 14 consultas, entre primeiro atendimento e retorno. O espaço médico oferece atendimentos com médico oncologista, psicólogos e assistentes sociais.

O prefeito foi até a Unacon para conversar com os usuários e acompanhar os atendimentos.

- Os pacientes, que antes tinham que ir para Volta Redonda ou Rio de Janeiro se tratar, agora podem receber os cuidados aqui mesmo, no HMJ. Acabei de visitar os pacientes e fiquei muito satisfeito com o atendimento que presenciei – relatou o prefeito, ao lado do secretário de Saúde e da secretária hospitalar do HMJ.

O funcionamento da Unacon já mudou a vida de muitos pacientes, entre eles está Elizabeth de Brito, de 51 anos, que luta contra um câncer no ovário, fazia quimioterapia em Volta Redonda e há um mês recebe os cuidados aqui na cidade.

- De zero a dez, a equipe da Unacon é nota mil! Receber o tratamento aqui em Angra dos Reis é bom porque não precisamos nos locomover após o tratamento e também ajuda financeiramente, já que temos menos gastos. Já estou incentivando outras pessoas a se transferirem para cá – comentou a paciente.

Para se ter ideia, somente nesta semana, dez pacientes de Angra que estão em tratamento em Volta Redonda levaram cópia de seus prontuários e solicitaram transferência do atendimento para a Unacon.

- Para que a gente possa assumir um paciente que está em tratamento, o oncologista clínico precisa conhecer seu histórico de atendimento e isso é possível por meio do prontuário. O usuário interessado em se tratar em Angra deve apresentar uma cópia do seu prontuário na Unacon ou então vir direto à unidade, que nossa equipe fará a solicitação do documento. Já o agendamento da primeira consulta é feito pela Secretaria de Saúde, mediante encaminhamento das unidades de saúde de Atenção Primária ou dos Centros de Especialidades Médicas - explicou o secretário-executivo de Atenção Oncológica.

A Unacon de Angra dos Reis ocupa uma área de 242,40 m² no HMJ, com recepção, dois consultórios e sala de aplicação de quimioterápicos com 10 cadeiras e dois leitos para atendimentos simultâneos em quimioterapia, além de estrutura de apoio.