Grupamento Marítimo embarga retirada de areia em córrego

O fato estava ocorrendo na Ilha Grande e foi alvo de denúncia anônima

Segunda-Feira, 27/07/2020 | Superintendência de Comunicação .

Após receber uma denúncia de que estaria ocorrendo extração irregular de areia no córrego da praia de Matariz, na Ilha Grande, a equipe do Grupamento Ambiental Marítimo da Ilha Grande (GRAM-BIG) esteve no local, no domingo (27), e constatou a veracidade do fato.
Próximo ao córrego foram encontrados 20 sacos de areia, provavelmente para utilização em obras irregulares, e grande quantidade do material que ainda seria embalado. Acredita-se que a areia estava sendo utilizada pelo próprio infrator e também comercializada.
O infrator, que não foi encontrado, será investigado e estará sujeito a sanções.
- O Grupamento vai manter um processo investigativo para qualificar o infrator e ele vai responder por dano ambiental e crime ambiental, previsto na lei de crimes ambientais , que é a nº 9.608 /98 – explicou o presidente do Instituto Municipal do Ambiente de Angra dos Reis – Imaar.
É importante que as pessoas procurem o Instituto Municipal do Ambiente de Angra dos Reis antes de comprar terrenos ou iniciar qualquer obra. Essa busca de informações evitará problemas, como embargo, multa e até mesmo demolição da construção. O contato com o Imaar pode ser feito pelo telefone (24) 33686418 e pelo e-mail imaar.aspre@angra.rj.gov.br