Trabalho com alunos talentosos de Angra completa 15 anos

Para comemorar, a Unidade de Trabalho Diferenciado Altas Habilidades/Superdotação lançou uma programação on-line

Segunda-Feira, 01/06/2020 | Superintendência de Comunicação .

A Unidade de Trabalho Diferenciado Altas Habilidades/Superdotação (UTD) mantida pela Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria de Educação, completou 15 anos de existência no mês de maio. A unidade tem o objetivo de oferecer aos estudantes que apresentam características de superdotação o desenvolvimento e a ampliação das habilidades que possuem.

Como o momento não permite eventos presenciais, a UTD organizou uma série de comemorações on-line que inclui uma programação via Facebook e contatos com os alunos e pais por Whatsapp. No dia 28 de maio, foi lançada uma revista em PDF sobre os 15 anos de UTD Altas Habilidades Superdotação e, no dia 29, a fanpage da UTD começou a receber depoimentos de profissionais, pais, estudantes e profissionais envolvidos com o trabalho sobre a importância da unidade na vida dessas pessoas.

Já a partir dessa quarta-feira (3), às 14h, terá início uma série de lives sobre “Altas Habilidades/Superdotação e suas características”, além do grupo de reflexão coordenado pela psicóloga Elissandra Paraíso que tratará do tema “Saúde e bem-estar do ser humano integral”. A programação acontecerá semanalmente, nas quartas-feiras, e pode ser acessada na fanpage do Facebook: Unidade de Trabalho Diferenciado – Altas Habilidades/Superdotação @utdangra.

Atualmente, a UTD realiza a orientação e identificação dos estudantes da Rede Pública Municipal de Ensino, além da capacitação de profissionais para atuar nesse trabalho pedagógico diferenciado. São realizadas orientações para as unidades de ensino de educação infantil e do primeiro segmento do ensino fundamental (1º ao 5º ano).

O trabalho presencial da unidade atende a 90 estudantes do segundo segmento do ensino fundamental. Atividades de enriquecimento curricular são oferecidas nos grupos de interesse: Artes Plásticas (professor Leonardo José Pinto), Leitura e Produção Textual (professor Gleiber Macedo), Talentos Matemático (professor Julio de Pontes), Reflexão e Prática nas Ciências (professor Diogo Pinheiro), além do grupo de Reflexão, orientado pela psicóloga Elissandra Paraíso, que trabalha com os alunos e pais sobre as questões que permeiam a condição de ser um superdotado. A coordenação pedagógica desse trabalho é realizada pela pedagoga Luciane de Sousa Pires, enquanto a coordenação geral fica a cargo de Fernanda Anna Soares.

A história da UTD, que começou em 2005, com a parceria da Universidade Federal Fluminense (UFF) e a presença da especialista na área, Professora Doutora Cristina Delou, foi marcada por uma trajetória de formação dos profissionais que atuam na área. Eles se tornaram referência junto aos órgãos governamentais do Brasil, levando as experiências do município e do trabalho pedagógico aqui desenvolvido em Congressos Nacionais e Internacionais com reconhecimento dos renomados profissionais que atuam na área das Altas Habilidades/Superdotação.