Boletim Epidemiológico – 3 de abril

Novo coronavírus

Sexta-Feira, 03/04/2020 | Superintendência de Comunicação .

De 01 de janeiro de 2020 até às 17h de sexta-feira (3), o município de Angra dos Reis registrou 260 casos com suspeita clínica de infecção pelo novo coronavírus, sendo que dois casos foram confirmados para a Covid-19, 26 já foram descartados e 232 são considerados suspeitos.
O segundo confirmado trata-se de um homem de 60 anos. Ele estava em viagem a Volta Redonda, onde sentiu os primeiros sintomas. O paciente foi a uma unidade médica daquela cidade, onde está internado no CTI, com um quadro estável. O caso foi confirmado hoje pelo Laboratório Central Noel Nutels (LACEN-RJ). Embora esteja internado em outra cidade, o caso foi contabilizado em Angra, onde o paciente reside.
A classificação de casos suspeitos no momento é a seguinte: dos 232 notificados, 226 estão em isolamento domiciliar e cinco estão internados, com um quadro estável.
Há um óbito sendo investigado de uma paciente de 26 anos, com comorbidade. Ela faleceu hoje, no Hospital Municipal da Japuíba (HMJ), onde deu entrada pela manhã com insuficiência respiratória. Seu material foi colhido e seguiu para análise laboratorial.
Como Angra saiu do estágio zero de contaminação, os casos de Síndrome Gripal também passaram a ser considerados suspeitos de Covid-19, conforme Portaria nº 454, de 20 de março de 2020 / SMS, e Nota Técnica - SVS/SES-RJ Nº 09/2020, de 24 de março de 2020. Os pacientes estão em isolamento domiciliar, onde estão sendo monitorados por profissionais de saúde da rede municipal.
Os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, podem sofrer alterações. Um novo boletim, com dados atualizados, será divulgado no sábado, dia 4 de abril.
Lembramos que todos devem ficar em casa o tanto quando puderem, fazer a higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel, e evitar contato com mucosas de nariz, boca e olhos. São cuidados simples e importantes, que devem ser frequentes para prevenir doenças contagiosas.