Mais de 1.700 pessoas imunizadas contra o sarampo no Dia D

18 postos de vacinação estiveram abertos, no sábado, para intensificar a vacinação

Segunda-Feira, 03/02/2020 | Superintendência de Comunicação .

Angra dos Reis participou, no último sábado (1), do Dia D de vacinação contra o sarampo, organizado pela Secretaria de Estado de Saúde. Das 9h às 16h, 18 postos de vacinação, nos cinco distritos, estiveram abertos para ofertar a imunização aos moradores. Ao todo, 3.566 pessoas compareceram às unidades e, destas, 1.721 foram vacinadas, depois de comprovada a necessidade da imunização.
- Devemos ficar atentos. Passamos muito tempo sem ter a doença e, em 2016, novos casos começaram a aparecer no Brasil. O sarampo é uma doença grave, que começa com tosse, febre, coriza, manchas avermelhadas no corpo, mas pode se tornar um quadro muito grave. A vacina é o único meio de prevenir a doença – explicou o secretário de Saúde.
De acordo com o Departamento de Saúde Coletiva, a campanha de intensificação segue até o dia 13 de março, de segunda a sexta-feira, em todas as unidades que possuem sala de vacina e outros Dias D (15 de fevereiro e 7 de março) serão realizados aos sábados para atender às pessoas que não podem ir a uma unidade de saúde nos dias de semana.
Segundo o Ministério da Saúde, até os 29 anos, a recomendação é a imunização com duas doses da vacina. Portanto, se a pessoa tomou apenas uma ou não tem certeza de ter tomado a segunda dose, deve procurar uma unidade de saúde. Dos 29 aos 59 anos, a imunização é feita com apenas uma dose. É importante que, se possível, o usuário apresente o cartão de vacina na unidade de saúde.
Pessoas com suspeita de sarampo, imunocomprometidas, gestantes e crianças com menos de seis meses não devem receber a vacina. Alérgicos à proteínas do leite de vaca devem informar a condição ao profissional de saúde no posto de vacinação para que recebam a dose feita sem esse componente.