Aula inaugural do projeto Viva Vôlei

A medalhista olímpica Sandra Pires participou do encontro. Inscrições ainda foram prorrogadas

Sexta-Feira, 10/01/2020 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra, em parceria com a Confederação Brasileira de Vôlei e o Banco do Brasil, iniciou nesta sexta-feira (10) o projeto Viva Vôlei em Angra dos Reis. A aula inaugural e a cerimônia de abertura foram realizadas na quadra de vôlei da Praia da Chácara e contou com a presença ilustre da madrinha do projeto, a atleta Sandra Pires, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996, na modalidade vôlei de areia, quando fazia dupla com Jaqueline.

O encontro, que contou com a presença do prefeito de Angra, de secretários municipais, das crianças e adolescentes inscritos e de profissionais de educação física, consolida o trabalho da prefeitura para trazer o projeto para Angra e ampliar as opções de esporte e lazer para os jovens do município.

– O polo iria para uma cidade do Nordeste e não para Angra. Veio para cá graças ao empenho da prefeitura. É importante essa diversificação das atividades esportivas, pois o esporte é fundamental em nossas vidas. As crianças precisam se desenvolver por meio das diversas políticas públicas e o esporte é uma delas – explicou a secretária de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania.

O termo de compromisso entre a prefeitura e o Banco do Brasil para a vinda do projeto foi assinado em setembro do ano passado. De lá para cá, prefeitura, Banco do Brasil e Confederação Brasileira de Vôlei trabalharam em conjunto para torná-lo realidade, incluindo a capacitação de profissionais de educação física do município para serem instrutores. Sandra Pires, que juntamente com Jaqueline, sua companheira de dupla, foi a primeira mulher brasileira a ganhar um ouro olímpico, falou sobre sua trajetória e a importância de iniciativas como o projeto Viva Vôlei.

– Este é um projeto vencedor, e para mim é um orgulho poder contribuir. Eu comecei no vôlei muito nova, com 11 anos, porque tive oportunidade, e aqui há uma oportunidade para essas crianças: temos quadra, bolas, equipamentos e, o mais importante, bons professores – disse Sandra, que também foi a primeira mulher a levar a bandeira do Brasil em uma abertura de Jogos Olímpicos, em Sydney, 2000.

O secretário-executivo de Esporte destacou que o ginásio poliesportivo do Estádio Municipal ficará pronto nos próximos dias. Lá será o local das aulas, que serão divididas em turmas masculinas, femininas e mistas, nos turnos da manhã e da tarde. Serão quatro turmas, com 24 alunos cada. Duas funcionarão nas terças e quintas pela manhã (8h30 às 9h30 e 9h40 às 10h40) e as outras duas no período da tarde (14h30 às 15h30 e 15h40 às 16h40).

O prefeito destacou o compromisso da Prefeitura de Angra com políticas públicas de inclusão e de apoio para o desenvolvimento das crianças e adolescentes, ressaltando o papel central das famílias nesse processo.

– Nós nos empenhamos para fazer a nossa parte, mas essa nossa parte é um reforço para as famílias. Pois são as famílias que devem olhar para suas crianças, zelar pela educação e desenvolvimento dos jovens – disse o prefeito.

As inscrições foram prorrogadas, pois ainda há vagas. Elas podem ser feitas na Secretaria Executiva de Esporte e Lazer, no Estádio Municipal, no Balneário, de segunda a sexta, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 16h. É necessária a apresentação dos seguintes documentos: comprovante e cópia de certidão de nascimento e comprovante de escolaridade e uma foto 3X4. Na ficha devem constar dados do aluno e seus responsáveis, além da opção por turma e seus respectivos horários. Depois de assinar a ficha, o responsável deverá providenciar atestado médico para o aluno e entregá-lo na Secretaria de Esporte e Lazer antes do início das aulas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (24) 3365-3224.

Secretarias relacionadas: