Governo investe em obras na Banqueta

Construções de postos de saúde estão avançadas. Escola e creche também estão previstas para inaugurar no próximo ano e já começaram a sair do papel

Terça-Feira, 17/12/2019 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra está realizando investimentos em diversos pontos da cidade, mas a Banqueta vem recebendo atenção especial. Uma nova via ligando o bairro à Nova Angra vai permitir a recuperação da estrada de acesso à comunidade. Além disso, a população, que sofreu um grande aumento com o Condomínio Vale da Banqueta (Minha Casa Minha Vida), receberá no próximo ano dois módulos de Estratégia de Saúde da Família (ESFs), uma escola e uma creche, que já estão em andamento.
Os novos equipamentos públicos estão sendo erguidos próximos ao Condomínio Vale da Banqueta, mas vão atender a toda população da região. Os recursos empregados nas obras são 100% do município.
As obras estão sendo realizadas pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, por meio da Secretaria Executiva de Obras, e as mais avançadas são as dos postos de saúde. Um ESF começou do zero e está bem adiantado, em fase de acabamento, com a colocação de portas e janelas, instalação de azulejos e pastilhas. O outro está sendo construído a partir de uma sala já existente no espaço de convivência do condomínio. Essa obra está iniciando o telhado. A previsão é de que as duas ESFs sejam entregues aos moradores em abril do ano que vem. Cerca de seis mil pessoas serão beneficiadas.
Já a creche terá capacidade para atender até 120 crianças, em dois turnos, ou 60 crianças em período integral. A obra está em fase de alvenaria e a previsão de conclusão é para o final de junho de 2020. Ela vai se somar ao Cemei Vale da Banqueta, inaugurado em abril deste ano, que atende a aproximadamente 300 crianças, de 4 e 5 anos, em seis salas de aula, em dois turnos; e 100 crianças, de 1 a 3 anos, em quatro salas, em horário integral.
Uma nova escola vai acolher cerca de 600 alunos, do 1º ao 9º ano. A unidade educacional terá 12 salas, distribuídas em dois pavimentos. Os estudantes terão acesso ainda a uma biblioteca, um auditório com 42 assentos, laboratório, pátio coberto, entre outros. A obra está ainda na fase das estacas e a inauguração é prevista para setembro de 2020.
Essa nova escola vai resolver um problema do bairro. A Escola Municipal Orlando Gonçalves atende a alunos do pré ao 5º ano, mas os estudantes do 2º segmento necessitam sair do bairro para estudar. Com a construção da nova unidade isso não será mais preciso.Uma nova escola vai acolher cerca de 600 alunos, do 1º ao 9º ano. A unidade educacional terá 12 salas, distribuídas em dois pavimentos. Os estudantes terão acesso ainda a uma biblioteca, um auditório com 42 assentos, laboratório, pátio coberto, entre outros. A obra está ainda na fase das estacas e a inauguração é prevista para setembro de 2020.
Essa nova escola vai resolver um problema do bairro. A Escola Municipal Orlando Gonçalves atende a alunos do pré ao 5º ano, mas os estudantes do 2º segmento necessitam sair do bairro para estudar. Com a construção da nova unidade isso não será mais preciso.