Angra adquire motos para auxiliar tratamento de água

Os 7 veículos serão utilizados para cloração em barragens de difícil acesso e também em outros serviços

Quarta-Feira, 02/10/2019 | Superintendência de Comunicação .

Mais um compromisso do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Angra dos Reis foi cumprido. Nesta quarta-feira, dia 2, foram entregues sete motocicletas aos assistentes de Saneamento da autarquia, que utilizarão os veículos em seus trabalhos de cloração da água. O prefeito de Angra foi à sede do Saae entregar as motos e destacou o que a iniciativa representa para a saúde pública.

- Se nós quisermos falar sobre saúde, temos que começar a falar pela água e pela importância da água tratada. A prefeitura de Angra e o Saae estão aqui unidos pela saúde da população – destacou o prefeito.

A compra das motos é fundamentalmente uma ação pela melhoria da qualidade do saneamento e da saúde pública. Atualmente, o município de Angra conta com 64 sistemas de captação de água. A maior parte deles se localiza no alto de morros, alguns de difícil acesso. Hoje em dia, para fazer a cloração, os assistentes de Saneamento nem sempre conseguem concluir o percurso até a barragem de carro, tendo que completar o trajeto a pé. Essa situação fica ainda pior em dias de chuva, por conta do barro.

As motocicletas chegaram para facilitar o serviço. Todas são do tipo trial (desenvolvido para os mais diversos percursos, como asfalto e chão de barro), 0km e 160 cilindradas. Com elas os técnicos do Saae poderão chegar até a barragem e substituir a pastilha de cloro, o que é feito diariamente.

“Além de dar mais qualidade e agilidade no serviço prestado ao munícipe, as motos proporcionam facilidade e bem-estar para nossos funcionários”, afirmou Paulo Cezar de Souza, presidente do Saae.

Os veículos ainda serão equipados com baú para transportar o cloro. As seis regionais do Saae na parte continental do município receberão, cada uma, a sua moto. A sétima moto será usada no trabalho de supervisão. A Ilha Grande não receberá moto, já que as barragens locais não apresentam o mesmo tipo de dificuldade de acesso que as do continente. A ilha, no entanto, recebeu em junho deste ano um barco que vem sendo usado pelo Saae na execução de serviços. A embarcação tem potência de 40h e 20 pés de comprimento. O barco também conta com ferramentas que auxiliam na execução de projetos. Entre as ações realizadas pela autarquia na Ilha Grande, estão a manutenção de barragens, tratamento de esgoto, substituição de tubos, caixas d´águas e reservatórios e outras atividades relacionadas ao saneamento básico do local.

Quanto às novas motocicletas, elas serão prioritariamente utilizadas na cloração da água, mas, ocasionalmente, também podem ser acionadas para outros serviços, como instalação de hidrômetros e vistorias.

Secretarias relacionadas: SAAE