Parque Mambucaba recebe ação social

Prefeitura apoiou o Aldeia da Cidadania, que ofereceu serviços em diversas áreas, entre elas saúde e cultura

Segunda-Feira, 23/09/2019 | Superintendência de Comunicação .

Furnas, Eletronuclear e Prefeitura de Angra se uniram para realizar no sábado (21) o projeto Aldeia da Cidadania. Realizado no Ciep Alberto da Veiga Guignard, no Parque Mambucaba, o projeto ofereceu serviços gratuitos de cuidados preventivos de saúde, orientações nas áreas de Justiça, meio ambiente, uso racional de energia, além de atividades culturais e de lazer.
O objetivo do projeto, desenvolvido por Furnas desde 2003, é integrar socialmente crianças, jovens, adultos e idosos em diversas atividades para desenvolver comportamentos cada vez mais saudáveis.
A Prefeitura de Angra marcou presença na área da saúde. Profissionais estavam disponíveis para aferir pressão, vacinar contra o sarampo e realizar teste de glicose, além de distribuir informações sobre saúde bucal, orientando a criançada sobre a forma correta de escovar os dentes.
- Nossa participação aqui hoje é importante para interagir com a comunidade. Estamos com vacina tríplice viral, que é a do sarampo, para realizar o bloqueio vacinal do Parque Mambucaba, importante porque estamos na divisa com Paraty. Estamos tendo bastante procura e esperamos até o final da tarde estarmos com bastantes mapas preenchidos e a maioria das pessoas vacinadas. – afirmou a técnica de enfermagem da Prefeitura de Angra.
O governo municipal participou também em outra área, a cultural. Um professor de música, da Secretaria Executiva de Cultura e Patrimônio, ofereceu uma oficina de percussão.
Ao todo mais de 70 profissionais e voluntários entre médicos, enfermeiros, cabeleireiros, recreadores estiveram envolvidos nesta ação de Saúde e Cidadania. O público que esteve presente aprovou.
- Uma ação como essa deveria ter de dois em dois meses. Está sendo bom pra todo mundo. Eu nunca verifiquei glicose, a primeira vez foi agora. Nem todo dia a gente pode ir ao posto verificar a pressão e hoje eu consegui fazer isso aqui também – avaliou um técnico de edificações.