Garatucaia ganha posto de policiamento

Policiais de plantão, viatura e reforma do local são todos investimentos do governo municipal

Sexta-Feira, 13/09/2019 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria Executiva de Segurança Pública, inaugurou nessa quinta-feira (12), o posto de policiamento do Programa Estadual de Integração de Segurança (Proeis), em Garatucaia. O posto se localiza às margens da rodovia Rio-Santos, entre Garatucaia e Cantagalo. A inauguração contou com a participação do Prefeito de Angra, do secretário-executivo de Segurança, vereadores de Angra e Mangaratiba (já que o local é bastante próximo do município vizinho) e representantes das Polícias Militar e Rodoviária Federal, além de moradores dos bairros do entorno.
O posto vai funcionar onde há alguns anos ficava um Centro de Informações Turísticas. O local passou por obras, feitas pela Secretaria Executiva de Serviço Público e agora fará parte do Cinturão de Segurança, composto também pelo posto de policiamento da Serra D’água (já inaugurado) e do Parque Mambucaba, que será construído. Juntos, esses três postos irão policiar as entradas de Angra. O prefeito falou sobre o compromisso assumido por sua gestão:
– Eu poderia dizer que a segurança pública é problema dos governos estadual ou federal, mas nós temos que enfrentar desafios. Estamos trabalhando com eles para garantir, por meio da segurança pública, o direito de ir e vir para as famílias – ressaltou o prefeito, que destacou que a prefeitura atualmente paga 46 policiais do Proeis que atuam no município, além de outras ações, como investimentos em câmeras de monitoramento, rádios e viaturas. Ele também destacou o apoio do governo do estado, que aumentou o efetivo de Angra em 81 policiais (fora os 46 do Proeis) e também forneceu viaturas.
As demais autoridades presentes destacaram a questão estratégica de se ampliar o policiamento na entrada da cidade com o posto de Garatucaia e parabenizaram a prefeitura pelo empenho dedicado ao setor.
- É mais uma ação do governo municipal visando a melhoria da segurança pública, que não é atribuição direta do município, mas ainda assim não se tem medido esforços – disse o secretário-executivo de Segurança.
O posto já começou a funcionar, com policiais do Proeis, que trabalham em dois turnos de 12 horas. No local ficará baseada ainda uma das viaturas compradas pelo município.