Angra mantém conceito A no Mapa do Turismo

Estudo serve como uma diretriz para priorizar os investimentos do governo federal

Sexta-Feira, 30/08/2019 | Superintendência de Comunicação .

Angra dos Reis manteve a categoria A no novo Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021, divulgado nesta semana pelo Ministério do Turismo. No estado do Rio de Janeiro, apenas outras seis cidades conseguiram o mesmo conceito. Esse resultado demonstra a importância do município para o turismo nacional.
- Esse conceito A é importante porque o Mapa do Turismo vai determinar os investimentos que o Ministério do Turismo vai fazer. Então quem está na categoria A tem prioridade e uma atenção maior, porque entende-se que são cidades de peso para o setor, que precisam ser mantidas e estimuladas. Isso é muito gratificante e é uma conquista de toda a equipe da TurisAngra e da prefeitura – avalia o presidente da TurisAngra.
No Mapa do Turismo, a categorização dos municípios turísticos vai de “A” a “E”. Essa classificação é um instrumento de acompanhamento do desempenho das economias turísticas locais. Para se chegar ao conceito máximo, alguns critérios são levados em consideração, como a quantidade de empregos gerados pelo setor turístico e o número de visitantes brasileiros e estrangeiros.
Nesta nova edição do Mapa do Turismo, outros critérios foram inseridos e cumpridos à risca pela Prefeitura de Angra, como contar com um Conselho Municipal de Turismo ativo e ter a obrigação de participar de instância de governança (conselhos regional e estadual).
- Estamos num momento de virada para o turismo brasileiro e contamos com este novo mapa para termos uma radiografia atualizada do potencial turístico do Brasil, para investir de forma adequada na melhoria de infraestrutura, realização de campanhas publicitárias, entre outras ações – informou o ministro do Turismo.
Ao todo, 2.694 cidades de 333 regiões turísticas do país estão inseridas no novo Mapa do Turismo Brasileiro.