Prefeitura quer ouvir a população sobre o Parque da Cidade

Uma pesquisa está disponível no Colab e moradores podem contribuir para o plano de manejo, documento que vai nortear as ações da nova área

Terça-Feira, 16/07/2019 | Superintendência de Comunicação .

Já está disponível no Colab (rede social de gestão urbana a qual a Prefeitura de Angra aderiu no final de fevereiro deste ano) uma pesquisa sobre o plano de manejo do Parque Natural Municipal da Mata Atlântica, mais conhecido como Parque da Cidade. Os interessados podem participar utilizando smartphones e instalando o aplicativo ou usando um computador de mesa (www.consultas.colab.re/pesquisa-pnmma), até o dia 4 de agosto.
As perguntas são de múltipla-escolha e a consulta é bem rápida. Entre as questões a serem respondidas estão quais atrações devem ser encontradas no parque e quais serviços de apoio à visitação precisam ser implantados.
O objetivo da pesquisa é coletar as expectativas e visões dos angrenses sobre o Parque da Cidade, contribuindo para o plano de manejo, que é um documento que definirá as ações a serem desenvolvidas, as normas, restrições de uso e regras para visitação, a partir de diversos estudos. Esse documento define ainda o zoneamento do parque, estabelecendo medidas para promover o desenvolvimento sustentável.
Com mais de 1.110 hectares, o Parque da Cidade será uma unidade de conservação de proteção integral, estabelecida pelo Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC). A nova unidade de conservação abrange as partes altas de toda a elevação que domina o Centro de Angra dos Reis, com sua linha limítrofe passando sobre os morros da Carioca, Santo Antônio, Caixa D’água, Carmo, Peres, Glória e da Cruz; seguindo também por cima do Encruzo, Enseada, Retiro, Ribeira, Vila Velha, Praia Grande, Bonfim e Colégio Naval.