Disque-Denúncia ajuda a combater crime ambiental

A ação foi realizada no domingo (09), em Garatucaia

Segunda-Feira, 10/06/2019 | Superintendência de Comunicação .

O Disque-Denúncia, serviço mantido pela Prefeitura de Angra, possibilitou que policiais militares da Unidade de Policiamento
Ambiental (UPAm) descobrissem um ponto de desmatamento, domingo (9), em Garatucaia. No local também foi identificada uma abertura de estrada dentro de uma área de preservação permanente.
Na vistoria do terreno, que fica na Rodovia Rio Santos, os agentes constataram a supressão de vegetação e movimentação de terra em uma área de 13 mil metros quadrados, nas proximidades do rio Cantagalo. Os policiais questionaram o responsável pela obra, que estava no local, sobre as licenças necessárias para a execução das ações e ele afirmou não possuir, infringido o artigo 60 da lei de crimes ambientais e o artigo 4º da lei 12651/12.
Na 166ª DP, outra pessoa se identificou como administrador de um empreendimento e apresentou o contrato de autorização para a administração imobiliária. Porém, segundo os policiais ambientais, não havia licença pertinente para a execução do serviço.
A população pode ajudar no trabalho da polícia contra a criminalidade, com denúncias anônimas, através do serviço do Disque-Denúncia Angra, que funciona pelo telefone 0300 25 311 77, com o preço de uma ligação local, ou pelo aplicativo Disque-Denúncia RJ. Em todos os casos, o sigilo é garantido.