Disque-Denúncia Angra recebe 937 denúncias em 2018

Maior parte dos contatos veio do Centro, Frade, Belém e Japuíba e o assunto mais denunciado foi tráfico de drogas

Segunda-Feira, 07/01/2019 | Superintendência de Comunicação .

O Disque-Denúncia Angra, serviço mantido pela Prefeitura, terminou o ano de 2018 com 937 denúncias anônimas sobre diversas atividades criminosas na cidade. Isso significa um aumento de 180% se comparado com os números de 2017, quando não havia um disque-denúncia específico para o município, e a quantidade de contatos via telefone e aplicativo ficou em 334. Das 937 denúncias anônimas realizadas no ano passado, 360 informações foram através do aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ”.
Analisando geograficamente as denúncias, Centro, Frade, Belém, Japuíba e Banqueta foram os bairros onde houve maior incidência de informações, com 271 e os assuntos mais denunciados em todo o município de Angra dos Reis foram: tráfico de drogas, violência contra a mulher, maus tratos contra animais, barulho e localização de foragidos da justiça.
Vale citar que o programa Linha Verde, exclusivo para recebimento de denúncias de crimes ambientais recebeu 137 informações em todo o município. Foram denúncias sobre desmatamento, construções irregulares, extração irregular do solo, extração irregular de árvores, guarda e comércio de animais silvestres entre outras.
Como essas informações são repassadas pela população de forma anônima, o Disque-Denúncia Angra continua auxiliando a polícia no trabalho de redução da criminalidade e grande prova disso são os resultados obtidos pelo 33º BPM (Angra dos Reis), que tem sido grande parceiro na averiguação dessas informações. Em setembro, por exemplo, informações do Disque-Denúncia possibilitaram a apreensão de carros blindados, os “caveirões do crime”, que seriam utilizados em roubos de carros fortes e roubos de carga. Houve ainda diversas apreensões de drogas, armas e prisões de suspeitos de crimes com informações repassadas pelo Disque-Denúncia. Até na Ilha Grande os policiais conseguiram coibir crimes com auxílio dessas denúncias.
Além de receber informações, o Disque-Denúncia também promove campanhas e divulga cartazes com fotos de pessoas procuradas pela polícia, inclusive oferecendo recompensa por informações que levem determinados bandidos à prisão. Para continuar auxiliando as autoridades no combate aos crimes na cidade, o Disque-Denúncia solicita a população que denuncie com a garantia do anonimato através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ”, onde é possível enviar fotos e vídeos.