Sirenes de alerta e alarme começam a ser reparadas

Equipamentos irão funcionar no período de dezembro a março

Sexta-Feira, 30/11/2018 | Superintendência de Comunicação .

Os 20 blocos de sirenes de alerta e alarme, que atendem a 26 bairros de Angra dos Reis, começaram a ser reparados para que entre os meses de maior intensidade de chuva estejam em funcionamento. A empresa responsável pelo serviço e a equipe da Secretaria Executiva de Proteção e Defesa Civil foram a campo nesta quinta-feira (29) para as primeiras avaliações.
- Estivemos nos bairros da Gamboa do Belém e Santa Rita do Bracuí. Vamos fazer todas as manutenções necessárias para que, o quanto antes, elas voltem a funcionar. Além disso, faremos o remanejamento de alguns aparelhos, para que o som possa se propagar melhor nas comunidades – explicou o secretário executivo de Proteção e Defesa Civil.
Inicialmente, as sirenes foram implantadas pelo Governo do Estado em setembro de 2014, mas desligadas em abril de 2016, por falta de verba. Entendendo a importância dos equipamentos para garantir a segurança dos moradores das áreas de risco, a Prefeitura de Angra está reativando os aparelhos através de um contrato emergencial.
Além disso, a Defesa Civil está providenciando a compra de três sirenes móveis, que vão funcionar como alto-falantes potentes em cima das viaturas e poderão, em alguma eventualidade, substituir as sirenes fixas, de acordo com as necessidades dos bairros.
Vale ressaltar que constantemente a instituição promove ações de prevenção e preparação da população para o caso de alguma eventualidade. Uma dessas ações é o envio de SMS de alerta e alarme para números de celulares cadastrados. O ideal é que 100% da população estejam cadastradas no serviço. Para isso, basta enviar um SMS com o CEP da residência para o número 40199.