Novembro Azul alerta para o câncer de próstata

No evento promovido pela TV Rio Sul, com apoio da Prefeitura, foram distribuídos mais de 100 vales para exame de PSA prostático

Segunda-Feira, 26/11/2018 | Superintendência de Comunicação .

Com o objetivo de chamar a atenção dos homens para o cuidado com a saúde, foi realizado na manhã de sábado (24), no Cais de Santa Luzia, no Centro, o Novembro Azul, evento promovido pela TV Rio Sul, com o apoio da Prefeitura de Angra.
O evento reuniu informações e diversão em um só lugar. Uma das tendas de maior movimento foi a do laboratório, onde os homens faziam teste de glicose e garantiam um vale para realizar, gratuitamente, o teste de PSA prostático, que ajuda no diagnóstico do câncer de próstata. Em duas horas, foram distribuídos mais de 100 vales.
Não é segredo que a maior parte dos homens não gosta de ir ao médico. A maioria só procura ajuda com o incentivo da esposa. Esse foi o caso do ajudante de almoxarifado, Alexandre Uberamar de Castro, de 43 anos.
- Minha esposa ficou sabendo do evento, falou comigo e eu decidi vir. Acho Importante esse tipo de iniciativa. Isso é bom para o homem, que sempre tem mais dificuldades para fazer exames, tem a questão do tempo também. Mas está sendo muito bom, gostei muito – afirmou.
Quem participou do Novembro Azul também recebeu panfletos explicativos e pode tirar suas dúvidas com a equipe da Secretaria de Saúde e com o urologista Marcelo Couto Amaro da Silva, que estava no estande do Instituto de Apoio e Gestão à Saúde (Iages).
Para a criançada teve pipoca, algodão doce e muita diversão no pula-pula e escorregador inflável. Quem foi em busca de uma atividade física pode aproveitar a aula de zumba e ainda assistir a apresentação de capoeira e do grupo de convivência da 3ª Idade, mantido pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania, através da Secretaria de Assistência Social, que não deixou ninguém parado ao cantar e dançar o carimbó. Funcionários da Assistência Social ainda orientaram sobre a realização do Cadastro Único (NIS) e ofereceram informações sobre como participar do programa Acessuas, que tem como objetivo informar e capacitar os jovens para o mundo do trabalho.
A prevenção é importante para evitar o câncer de próstata. Homens a partir de 50 anos, ou com 45 anos que já tenham casos da doença na família, devem ir uma vez por ano ao urologista e fazer exames preventivos. Os homens que moram em Angra devem se encaminhar até o posto de saúde mais próximo de sua residência, passar por uma consulta, fazer exames e, se o clínico geral julgar necessário, será encaminhado para o médico especialista. Na rede municipal há dois especialistas no assunto.



Câncer de próstata – sintomas e fatores de risco

O câncer de próstata é uma doença que ocorre quando as células desse órgão começam a se multiplicar de forma desordenada. A doença pode demorar a se manifestar, exigindo exames preventivos constantes para não ser descoberta em estágio avançado e potencialmente fatal. Quando o tumor cresce, os sintomas mais comuns estão relacionados ao ato de urinar:

• Levantar várias vezes durante a noite para ir ao banheiro;
• Urinar frequentemente ao longo do dia;
• Dificuldade em iniciar e manter um jato contínuo;
• Urgência em urinar, podendo haver escape;
• Gotejamento no fim do fluxo;
• Sangue na urina;
• Dor e esforço para esvaziar a bexiga.

Em fases avançadas, outros sinais podem surgir:

• Dor nas costas, costelas e quadril;
• Anemia e fadiga;
• Obstrução do fluxo urinário, com conseqüente perda da função renal.

Os homens devem ficar atentos também a alguns fatores de risco. A incidência da doença é maior entre os homens de pele negra. Cerca de 62% dos casos são de homens a partir de 45 anos. Deve ser evitada uma alimentação inadequada, à base de gordura animal e insuficiente em frutas, verduras, legumes e grão. Por último o sedentarismo e obesidade. A falta de uma rotina saudável pode ser um fator de risco.