Começa mais um defeso da sardinha verdadeira

Proibição da pesca da espécie vai até 15 de fevereiro

Terça-Feira, 06/11/2018 | Superintendência de Comunicação .

Teve início na quinta-feira (1º) e vai até 15 de fevereiro o período de defeso da sardinha verdadeira, no qual é proibida a pesca em todo o país para a preservação e reprodução da espécie. Esse é o segundo defeso da sardinha verdadeira, o primeiro foi de 15 de junho a 31 de julho.
Em Angra dos Reis, considerada a Capital Estadual da Sardinha, neste ano já foram produzidas 2.036 mil toneladas da espécie.
A fiscalização cabe ao Ibama e quem for flagrado desrespeitando o defeso, sofrerá penalidades que vão desde multa até detenção, além de apreensão dos materiais e da embarcação de pesca.
Durante os meses em que dura a proibição, o pescador profissional artesanal recebe o seguro defeso, benefício do Governo Federal no valor de um salário mínimo, mas, para ter direito ao valor, é necessário respeitar alguns pré-requisitos.
Frigoríficos, restaurantes e peixarias devem declarar ao Ibama os estoques de peixes resfriados ou congelados para comercialização durante o período do defeso.