Defesa Civil analisa solo dos Morros da Carioca e do Abel

A ação envolveu profissionais do Laboratório de Exploração Mineral da UERJ

Quarta-Feira, 24/10/2018 | Superintendência de Comunicação .


A Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, via Secretaria Executiva de Proteção e Defesa Civil, realizou uma análise do solo dos Morros da Carioca e do Abel. A ação aconteceu em duas etapas: neste mês, entre os dias 18 e 20, e em julho, nos dia 11, 12 e 13.
A análise foi feita através de métodos geofísicos, como a Eletrorresistividade, que consiste na introdução de uma corrente elétrica no solo para investigar e calcular a resistividade dos materiais da subsuperfície. Com base nos valores obtidos, o software fornece um perfil onde é possível identificar pontos de ruptura no solo, rocha, e acúmulo de água.
- O aparelho obteve uma leitura de até 15 metros de profundidade no solo, sendo necessário furar menos de 20 centímetros para sair da camada de asfalto. Essa é uma vantagem do método, que permite “enxergar” em profundidade sem ter que cavar ou abrir grandes extensões – explicou o secretário de Proteção e Defesa Civil, informando que o resultado será divulgado no início de dezembro.
Participaram da ação o Geólogo Coordenador do Laboratório de Exploração Mineral (LEXMIN) da UERJ, Marcelo Salomão; a pesquisadora da instituição, Andrea Ferreira; uma estudante de Geologia da UFRRJ e estagiária da Defesa Civil e agentes da instituição.