Nova eleição para o Conselho Municipal de Cultura

Pleito vai servir para substituir conselheiros faltosos e nomear representantes de novas setoriais

Quarta-Feira, 08/08/2018 | Superintendência de Comunicação .

Estão abertas as inscrições para quem deseja participar como eleitor ou candidato da eleição para algumas vagas do Conselho Municipal de Política Cultural marcada para acontecer às 16h, do dia 16 de agosto de 2018, Centro Cultural Theophilo Massad. A organização do pleito está sendo feita pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio da Secretaria Municipal Executiva de Cultura e Patrimônio,
As inscrições vão até a próxima segunda-feira (13) e podem ser feitas através do endereço eletrônico - cmpc@angra.rj.gov.br - ou diretamente na sede da Secretaria Executiva de Cultura e Patrimônio, na Praça Zumbi dos Palmares.
Serão eleitos os membros oriundos da sociedade civil, para o período complementar de 2018/2019, nas seguintes câmaras setoriais: Artes Plásticas (titular e suplente); Dança (titular e suplente); Moda (titular e suplente); Iniciativa Privada (titular e suplente); Artesanato (suplente); Patrimônio Histórico (suplente); Juventude (suplente).
Para ser habilitado, o eleitor deve ser maior de 16 anos e precisa ter nascido, e/ou trabalhar, e/ou morar, e/ou estudar na cidade de Angra dos Reis. Já para concorrer a uma vaga no Conselho, o candidato deve ser maior de 16 anos e também tem que ser nascido, e/ou trabalhar, e/ou morar, e/ou estudar em Angra dos Reis. O eleitor candidato deve ainda comprovar que tem atuação na área relacionada à Câmara Setorial pleiteada, através de documentos, como Currículo, Diploma, Registro profissional, Carteira de filiação ou identificação expedida por grupo/movimento cultural.
O Conselho Municipal de Política Cultural é uma instância de representatividade da sociedade civil e do poder público e tem ação deliberativa, propositiva, opinativa, fiscalizadora e consultiva das ações pertinentes à política municipal de cultura de Angra dos Reis.
Segundo o presidente do Conselho Municipal de Política Cultural de Angra dos Reis, o conselho vive o seu melhor momento.
- Esse conselho está muito maduro. As discussões são ricas. E o conselheiro que não se adequa às regras é substituído automaticamente e assim o Conselho vive seu melhor momento de fomentação. E essa eleição serve exatamente para isso: substituir conselheiros faltosos e que renunciaram e também, o principal, nomear os novos conselheiros que chegarão com as novas setoriais que foram criadas, conforme deliberação da Conferência de Cultura que aconteceu em dezembro de 2017 e foi organizada pela Secretaria Executiva de Cultura e Patrimônio - explicou o presidente do Conselho.