PM quer capacitar policiais que atuam em áreas turísticas

Fórum realizado, hoje (18), em Angra dos Reis, discutiu a segurança voltada para turistas

Quarta-Feira, 18/07/2018 | Superintendência de Comunicação .

Nesta terça-feira (18), aconteceu no Shopping Piratas, em Angra dos Reis o Fórum de Segurança Turística, promovido pela Polícia Militar (Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas - BPTur). O encontro teve o apoio da Prefeitura de Angra, por meio da TurisAngra, e da Associação Brasileira das Indústrias de Hóteis (ABIH-RJ). Também estiveram presentes funcionários das prefeituras de Paraty e Mangaratiba e uma vereadora representando a Câmara Municipal de Angra dos Reis.
O BPTur é especializado em atender áreas com grande fluxo de turistas na capital, atuando inclusive em grandes eventos como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. A ideia é ampliar sua atuação para a Costa Verde e outras áreas capacitando policiais que já atuam nas determinadas regiões.
- Os policiais do nosso batalhão são bilíngues e treinados para melhor atender em áreas de interesse turístico. Vamos trazer a capacitação dos policiais da capital para outras unidades do estado – explicou a tenente-coronel Luciana Rodrigues de Oliveira.
Durante sua palestra no Fórum, a tenente-coronel ainda falou sobre a importância da população no serviço de segurança.
- É fundamental que as pessoas denunciem as ocorrências porque isso influencia no planejamento estratégico da polícia. Há lugares inseguros sem nenhum registro de criminalidade – afirmou a tenente-coronel.
A Fundação de Turismo de Angra dos Reis (TurisAngra) foi quem solicitou a realização do Fórum no município.
- A Prefeitura de Angra tem sido parceira da Polícia Militar e identificamos a necessidade de realizar esse encontro em nossa cidade – informou o presidente da TurisAngra, que lembrou de outras medidas da Prefeitura em apoio a PM. “Houve a compra de 20 viaturas, instituição e ampliação do Proeis, implantação de uma nova Cia da PM no Centro, volta das câmeras de monitoramento, etc”, destacou Willy.