HGJ vai se tornar referência em oftalmologia

Depois de a Prefeitura implantar o Centro Oftalmológico Saúde no Olhar, unidade de saúde vai realizar mutirão de 360 cirurgias de catarata

Quinta-Feira, 05/07/2018 | Superintendência de Comunicação .

O Hospital Geral da Japuíba (HGJ) será referência em oftalmologia para a região da Baía da Ilha Grande (BIG). Essa boa notícia foi fruto de uma reunião do secretário municipal de Saúde de Angra com representantes da Secretaria de Estado de Saúde, na terça-feira (3), no Rio de Janeiro.
Com essa novidade todo recurso da Programação Pactuada e Integrada (PPI) será redirecionado para o Fundo Municipal de Saúde e o Estado garantiu ainda ampliar o repasse de recursos para atender, de forma permanente, a toda demanda dos três municípios que compõem a BIG: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.
- Vamos sair de uma situação em que não tínhamos consultas ambulatoriais, com milhares de usuários esperando uma consulta, para uma situação em que passamos a oferecer o acesso aos médicos e agora aos procedimentos cirúrgicos de catarata. Em pouco tempo, vamos oferecer também diversos outros procedimentos e ainda teremos todo o recurso repassado pelo Estado. Levarei essa pauta ao Conselho Municipal de Saúde e em seguida aos demais secretários municipais da BIG – afirmou o secretário municipal de Saúde.
A Prefeitura de Angra dos Reis está buscando a efetiva implantação da política municipal de atenção em oftalmologia. O serviço começou pela oferta de consultas ambulatoriais, no Centro Oftalmológico Saúde no Olhar, e agora progride com a oferta de procedimentos cirúrgicos de catarata para os pacientes encaminhados através das unidades da Estratégia de Saúde da Família e que aguardavam há anos pela cirurgia.
Através de um Termo de Referência elaborado pelo Departamento de Planejamento, Controle, Avaliação, Auditoria e Regulação - área técnica da Secretaria Municipal de Saúde - a Fundação Hospital Geral da Japuíba licitou e contratou, a preço SUS, a prestação complementar de serviços de saúde para atender às demandas de consultas, exames e cirurgias de catarata.
Na quarta-feira (4) os primeiros pacientes que vão participar do mutirão de catarata passaram por nova consulta especializada em oftalmologia no Centro Oftalmológico Saúde no Olhar e realizaram os exames para o risco cirúrgico. Já neste sábado (7) serão realizados 30 procedimentos e, no próximo final de semana outros 50, sendo 25 no sábado e 25 no domingo. Depois, o mutirão passará a ser realizado quinzenalmente, aos sábados e domingos, até que as 360 cirurgias sejam feitas. Todos os pacientes que estavam na fila serão contemplados nessa etapa.