Prefeitura realizará mutirão para 360 cirurgias de catarata

Procedimentos serão realizados no HGJ, ao longo de três meses. O início será no próximo sábado (7), com 30 cirurgias.

Quarta-Feira, 04/07/2018 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria de Saúde, vai realizar, a partir do próximo sábado (7), um mutirão para a realização de 360 cirurgias de catarata, no Hospital Geral da Japuíba (HGJ). O lançamento será feito no auditório da unidade hospitalar, neste mesmo dia, às 8h, com a presença do prefeito.
As 30 primeiras pessoas que serão submetidas ao procedimento cirúrgico passaram, nesta quarta-feira (4), no HGJ, por exames como eletrocardiograma, sangue e Raio-X, para obtenção do risco cirúrgico, além de análise oftalmológica com um médico oftamologista que participará do mutirão.
- A catarata é uma das principais causas de cegueira no mundo. A cirurgia possibilita que os pacientes voltem a enxergar, tendo uma vida com mais qualidade – destacou o médico, acrescentando que, na maioria dos casos, os idosos são o principal público que sofre com o embaçamento visual causado pela catarata.
Há ainda casos, como o do menino Davi Miranda do Nascimento, de 14 anos, morador do Bracuí, cuja doença é congênita, ou seja, ele nasceu com a deficiência visual.
- Eu sempre enxerguei embaçado. Na escola, eu uso uma lupa para conseguir fazer as tarefas, ler e escrever. Fazer esta cirurgia é uma grande vitória para mim – disse o menino, que é estudante do 7º ano da Escola Municipal Áurea Pires da Gama, e tenta fazer o procedimento desde 2012.
Quem também está feliz com a oportunidade de poder voltar a enxergar com qualidade é a moradora da Serra D’Água, Airan Talita Vidal de Araújo, de 73 anos.
- Eu espero por esta cirurgia há três anos. Não tenho como agradecer esta oportunidade na minha vida. Parece que estou sonhando – enfatizou a aposentada.
Já João Batista Moreira, 79 anos, morador do Balneário, definiu a cirurgia como uma bênção de Deus.
- Estou ansioso para poder voltar a enxergar direitinho, pois tenho muita dificuldade de visão. Isso vai ser uma grande bênção de Deus para mim e toda a minha família – destacou.
Segundo o médico oftalmologista, no sábado (7) serão realizados 30 procedimentos e, na segunda (9), outros 50. E, no fim de semana seguinte, outras 50 cirurgias. Depois, o mutirão passará a ser realizado quinzenalmente, até que as 360 cirurgias sejam feitas.
- Contaremos no mutirão, que deve durar três meses, com dois médicos oftalmologistas; um anestesista, que será o secretário Executivo de Saúde; um instrumentador e dois profissionais de enfermagem – explicou.
Para o prefeito, o mutirão de catarata é um grande avanço na saúde de Angra dos Reis, uma das prioridades do seu governo.
- O HGJ está passando por uma reforma estrutural, teve o seu atendimento muito ampliado neste um ano e meio e vai receber, já a partir de sábado, esse mutirão de catarata, que vai devolver a qualidade de visão de muitas pessoas. Ainda pensando em oferecer uma saúde de qualidade para a nossa população, abrimos, também no HGJ, o Centro Oftalmológico Saúde no Olhar e, em breve, inauguraremos uma fábrica de óculos para aqueles que precisam. Quando afirmei que a Saúde seria minha prioridade neste mandato, não estava mentindo. Teremos ainda muitas novidades – avaliou o prefeito.
Vale lembrar que as 360 pessoas que vão passar pelo procedimento, neste primeiro mutirão de catarata, vêm de referência das unidades de saúde e estavam numa fila aguardando a cirurgia há vários anos.