23 ruas serão recapeadas no Campo Belo

Obra começa nesta semana e deve durar três meses

Quarta-Feira, 06/06/2018 | Superintendência de Comunicação .

Uma cerimônia, na sede da Associação de Moradores do Campo Belo, ocorrida no final da tarde de terça-feira (5), marcou a assinatura da ordem de serviço para o recapeamento de 23 ruas e travessas da comunidade. O documento foi assinado pelo secretário de Governo e Relações Institucionais; secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade; secretário de Obras; uma vereadora; um representante da empresa Valle Sul, que vai executar o serviço, e pela moradora do Campo Belo, Rosária da Silva.
A obra terá início ainda nesta semana e a previsão é de que o serviço seja finalizado em até 90 dias. O custo será de R$ 1milhão e 343 mil. No total, serão recapeados 20.897m², que correspondem a 4 quilômetros e 105 metros de asfalto.
O secretário de Governo, que representou o prefeito na solenidade, parabenizou os moradores pela conquista da obra e lembrou que, mesmo com tantas dificuldades, o governo vem trabalhando muito.
- A melhor coisa pra gente, enquanto servidor, é executar obra, entregar obra. É fazer o nosso papel de servir a população para a qual a gente trabalha. A melhor coisa é chegar aqui e assinar uma ordem de serviço, porque isso é a garantia de que a obra vai acontecer em breve. O prefeito tem um carinho por todos os bairros, mas aqui foi um local que ele priorizou para receber investimentos do governo nessa área – enfatizou o secretário.
O secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade afirmou que o governo vai trabalhar para que outras benfeitorias cheguem até o bairro do Campo Belo.
- Vamos trabalhar, não só para resolver as questões deste recapeamento, mas também a parte de iluminação e os projetos que a associação deseja implementar. Queremos implantar aqui o programa Comunidades de Angra, pois é decisão do prefeito levá-lo para toda a cidade. Vamos fazer um grande trabalho de mudança, em parceria com a população, porque não adianta a gente fazer obra se a população não participa, não vê como dela, porque quem sabe dos problemas da comunidade são os moradores e não nós, que estamos fora – afirmou o secretário.
A vereadora destacou que o prefeito já demonstrou muito carinho pelo bairro, inclusive quando implantou no local, há alguns anos, um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) através da então secretaria de Ação Social.
- Essas 23 ruas foram pavimentadas pelo prefeito em mandatos anteriores e agora estamos voltando aqui, nesta nova gestão do Fernando, para cuidar dessas ruas, porque elas precisam de manutenção. Sabemos que há outros anseios e já fizemos indicações e elas vão acontecer. Mas, é bom lembrar que o nosso prefeito assumiu uma Prefeitura com R$ 500 milhões de dívidas e já pagou R$ 130 milhões delas – destacou a vereadora.
Agradecendo a Deus e depois ao prefeito. Foi assim que o presidente da Associação dos Moradores do Campo Belo iniciou sua fala.
- Eu estou feliz da vida. Tem que asfaltar Angra, toda porque é isso que precisamos retomar. Vamos sair com esse compromisso daqui, de nunca esquecer que esse governo está trabalhando com inteligência e compromisso em uma maneira de atender as pessoas mais carentes que existe na nossa comunidade – afirmou o presidente da Associação.
A felicidade do presidente da Associação foi compartilhada com outra moradora, a aposentada Rosária da Silva.
- Como o prefeito não tem outro. Quando ele saiu, nós éramos felizes e não sabíamos, agora com a volta dele tudo tomou um rumo. O plano dele de governo está excelente. Agradeço o apoio que ele nos dá. A minha rua, a Nova Esperança, também vai ser contemplada – agradeceu dona Rosária.