Inova Jovem forma empreendedores

Projeto da Secretaria Nacional da Juventude, em parceria com a Prefeitura, ensinou a gerar renda a partir de novos negócios

Sábado, 21/04/2018 | Superintendência de Comunicação .

Ter conhecimento sobre empreendedorismo e assim poder começar um negócio próprio. Uma turma formada por 25 jovens, de diversos bairros de Angra dos Reis, com idades entre 18 e 29 anos, está tendo essa oportunidade. Eles fazem parte do projeto Inova Jovem, parceria da Secretaria Nacional da Juventude, com a Prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania.
Durante uma semana, eles se reuniram diariamente, em uma sala cedida pelo Sebrae, com o objetivo de aprender a gerar renda a partir da construção de novos negócios ou aperfeiçoamento de negócios já existentes. Na sexta-feira (20) aconteceu a entrega do certificado, quando nem todos os participantes puderam estar presentes, mas o projeto não termina por aí. Durante um período de 90 dias eles serão monitorados via call center e a cada 30 dias vão se reunir para saber se estão conseguindo empreender.
Os participantes desta turma do Inova Jovem foram indicados pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e eles foram escolhidos levando em consideração o perfil empreender que demonstravam
- Tenho uma esmalteria e aqui eu pude perceber algumas coisas que posso estar modificando no meu negócio para crescer mais, a forma de abordar os clientes, divulgar o meu trabalho. O curso foi de grande valia, interessante mesmo – avaliou um aluno de 26 anos, morador do Belém.
Para o professor através do Inova Jovem surge uma nova safra de empreendedores em Angra dos Reis.
- A turma de Angra dos Reis já empreendia, já fazia acontecer, mas não conhecia algumas coisas. Eles agora vão poder atender e prestar serviços. São empreendedores de todas as áreas – avaliou o professor.
Para a secretária executiva de Assistência Social os jovens angrenses precisam de mais oportunidades e a sua pasta, através do programa Acessuas Trabalho e da Coordenação da Juventude, busca abrir caminhos para que o público nessa faixa de idade concorra em iguais condições com as demais pessoas.
- Por isso, as iniciativas desses dois programas são de fundamental importância, pois discutem com esse público as estratégias que devem adotar para alcançar seus objetivos. Várias oficinas já estão programadas como: “Como elaborar seu currículo“; “Como se comportar em uma entrevista de trabalho“, Como identificar uma vocação associada às exigências do mercado“, etc – informou a secretária.