Boias da área de manobra do Cais entram em manutenção

Serviço foi solicitado pela TurisAngra e está sendo executado pelo Serviço Público para garantir a segurança na atracação das embarcações

Terça-Feira, 06/03/2018 | Superintendência de Comunicação .

Pequenas ações podem fazer a diferença no dia a dia das pessoas e a manutenção de instalações públicas é uma delas. Na sexta-feira passada (2), atendendo a uma solicitação da Fundação de Turismo (TurisAngra), a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, através da Secretaria Executiva de Serviço Público, iniciou o trabalho de reforma das boias que demarcam a área de manobra de embarcações na localidade. A meta é corrigir o que o tempo destruiu e ainda recolocar as que foram retiradas, principalmente as instaladas nas praias contempladas com o projeto Nado Livre, que protege os banhistas de pequenas embarcações, que muitas vezes navegam próximos a faixa de areia.
As boias estão há vários anos sem manutenção, cheia de limos e algas, com sua cor alterada pelo tempo e, consequentemente com sua função prejudicada. A expectativa do retorno das boias na demarcação da área de atração no Cais de Sana Luzia é dia 15 deste mês.
Paralelo a este serviço, a equipe da TurisAngra está fazendo um levantamento das boias do Nado Livre, para manutenção e reposição das cordas cortadas e até dos locais onde a sinalização foi totalmente retirada. O projeto Nado Livre existe na Ilha de Cataguás, Praia de Jurubaíba (Ilha da Gipoia), Lagoa Verde, Lagoa Azul, Japariz (Ilha Grande), Praia das Gordas (Igrejinha do Bonfim), Praia Grande e Ilhas Botinas.