Angra ganha certificado ambientalista

Em 2017, a cidade deixou de lançar 30 toneladas de óleo vegetal de forma incorreta. Colabore descartando o óleo no posto de coleta mais próximo

Segunda-Feira, 26/02/2018 | Superintendência de Comunicação .

Na última sexta-feira (23), a cidade de Angra dos Reis ganhou o certificado ambiental da Unicamp por deixar de lançar 30 toneladas de óleo vegetal de forma irregular. Essa medida diminui a quantidade de gás carbônico (CO₂) no ar. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano, através da Secretaria de Meio Ambiente, informa que agora a coleta é feita pela Cooperativa Serra do Mar que encaminha o resíduo para uma central de processamento no Rio de Janeiro.
Para descartar corretamente, deve-se juntar o óleo vegetal numa garrafa PET e levá-lo até um dos postos de arrecadação. No Balneário, Jacuecanga, Parque Mambucaba, Centro ou Praia da Chácara. Além desses locais, há postos de coleta itinerantes no São Bento, Bonfim e Condomínio Marinas.
A Cooperativa Serra do Mar conta com o auxílio do INEA que cede um caminhão para realizar a coleta. A central de processamento no Rio de Janeiro recicla o óleo coletado e o utiliza para produzir sabão de cozinha.