Teste rápido de detecção do HIV no carnaval

Testagem vai acontecer no período de folia no SPA Centro, na Av. Júlio Maria, das 20h às 23:30h. Teste por punção digital tem resultado em até 30min

Sábado, 10/02/2018 | Superintendência de Comunicação .

A equipe do Programa Municipal de IST/Aids e Hepatites Virais, vai estar no período de carnaval, dias 10, 11, 12 e 13, de sábado a terça-feira, das 20h às 23h30, realizando testes rápidos de HIV, por punção digital, que indicam se há ou não presença do anticorpo do vírus HIV.
A presença do anticorpo mostra que a pessoa foi exposta ao vírus que provoca a Aids. A testagem será feita no SPA Centro, na Av. Júlio Maria.
Quanto mais cedo se detecta que tem o vírus HIV, mais cedo a pessoa inicia o tratamento, e as chances de multiplicação do vírus no organismo diminuem consideravelmente, impedido o avanço para a doença, Aids. E tanto para quem o teste dá positivo, como para quem tem a detecção negativa, a prevenção continua, com o uso do preservativo nas relações sexuais, já que não só o HIV pode ser contraído, assim como outras infecções sexualmente transmissíveis.
A presença do anticorpo mostra que a pessoa foi exposta ao vírus que provoca a Aids. O teste rápido é destinado ao uso do público em geral, e diagnostica de forma simples e rápida anticorpos contra HIV 1/2 por punção digital. Funciona com a coleta de gotas de sangue, semelhante aos testes já existentes para medição de glicose por diabéticos.
E assim como no dia a dia, pule o seu carnaval, se divirta, namore, mas sempre com prevenção. O preservativo (camisinha) lhe garante um sexo e prazer muito mais seguros. Apesar de todo avanço nos tratamentos contra o HIV, esta infecção segue sendo um problema mundial e de números alarmantes. Além da realização do teste rápido, a equipe do programa IST/AIDS em Angra vai estar nas ruas durante todo o período de carnaval, principalmente nos locais de concentração dos blocos e no Barracão do Samba, no Cais de Santa Luzia, com a campanha educativa de conscientização e de prevenção ao vírus HIV, com orientações e esclarecimentos das formas de contagio, e conscientização sobre o tema, e distribuição também de preservativos (camisinhas).
Portadores de HIV que desejarem fazer o tratamento pelo programa IST/AIDS em Angra, devem procurar o CEM (Centro de Especialidades Médicos) no Centro da cidade. Lá serão acolhidos pela equipe, que conta com enfermeiro, assistente social, psicólogo e médico. O Programa Municipal de IST/Aids e Hepatites Virais é ligado à Coordenação de Saúde de Programas Especiais, à Diretoria de Saúde Coletiva e à Secretaria de Saúde, Prefeitura de Angra dos Reis. Para maiores informações ligue para (24) 3367 8069.

Secretarias relacionadas: Saúde