Recolhimento de lixo em 48 horas estará prejudicado

Lamaçal no aterro sanitário do Ariró prejudica recolhimento regular. Prefeitura solicita aos moradores que armazenem seus lixos dentro de suas casas

Domingo, 07/01/2018 | Superintendência de Comunicação

A Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, através da Secretaria Executiva de Serviço Público, pede a compreensão da população e solicita que os moradores armazenem seus lixos dentro de suas casas pelo menos até a terça-feira, 9. A justificativa é devido às chuvas das últimas horas, que geraram muita lama nos acessos ao aterro sanitário do Ariró, e os caminhões da Limppar estão tendo grandes dificuldades de fazer o transporte do descarte do lixo com a regularidade do trabalho do dia a dia.
É importante esclarecer a todos, que as vias de acesso ao aterro sanitário do Ariró não podem ser asfaltadas devido a questões ambientais. Os caminhões estão atolando antes de chegaram ao seu destino final de descarte, e acabam não retornando aos locais de recolhimento de lixo nas comunidades com a velocidade necessária. Com isso, ocorrerão atrasos nas passagens dos caminhões nos bairros previstos para hoje para o recolhimento do lixo.
Mas a prefeitura informa que amanhã mesmo, segunda-feira, 8, a equipe do Serviço Público estará fazendo um trabalho mais intenso de melhoria das vias de acesso ao aterro sanitário do Ariró, colocando brita corrida, o que deverá amenizar a situação de lamaçal no local. Informamos ainda que uma equipe do Serviço Público já se encontra na região fazendo o possível para melhorar o acesso, mas que como se trata de um domingo, hoje não se consegue com empresas o material de brita corrida para colocar nos locais mais enlameados, porém, os trabalhadores, estão desde as primeiras horas da manhã deste domingo, tentando melhorar os acessos com uma retroescavadeira e outros equipamentos.