PROEIS diminui crimes nos bairros em que foi implantado

No Centro da cidade, queda foi de 35% nos roubos a transeuntes e 34% nos furtos de veículos. Nos demais bairros também há diminuição

Quarta-Feira, 15/11/2017 | Superintendência de Comunicação

O Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS) em Angra dos Reis, coordenado pela prefeitura, através da Superintendência de Segurança Pública, fez um balanço de suas atividades desde sua implantação, em 25 de setembro passado, e apresentou números importantes, com reduções significativas nos índices criminais, principalmente em relação aos roubos a transeuntes, que ocorriam com frequência nas áreas comerciais da cidade. As ações dos policiais que aderiram ao programa acontecem nas ruas do Centro do município e nos bairros da Japuíba, Parque Mambucaba, Frade, Ilha Grande e no Hospital Geral da Japuíba, que não tinha nenhum tipo de patrulhamento antes do PROEIS, além da Vila Histórica de Mambucaba, a qual passa a ser contemplada nos dias de maior fluxo de turistas.
Segundo dados relativos ao terceiro trimestre de 2017, coletados junto aos órgãos de segurança, houve queda considerável na criminalidade no Centro e na Japuíba. O roubo de veículos e de celulares, em particular, apresentou queda de 50% no mês de outubro em relação ao apurado em setembro deste ano.
Na avaliação do superintendente de Segurança Pública do Município, “as ações do PROEIS foram uma decisão mais do que acertada do prefeito, inicialmente previsto para funcionar somente em 2018, sua decisão em implantá-lo já em 2017, permitiu à população ter mais policiais nas ruas para prevenção ao crime, e os números, onde ele está sendo aplicado, mostram isso.”, enfatizou.
Segundo o superintendente ainda, há novidades para o período de verão, que historicamente demanda mais policiais para atender o fluxo de turistas que procuram Angra dos Reis: “De início, antes da alta temporada, já estamos providenciando o reforço no policiamento na Ilha Grande nos finais de semana e feriados e procurando parcerias para disponibilizar uma embarcação de apoio ao serviço policial naquela região. Por outro lado, estamos disponibilizando vagas para a Vila Histórica de Mambucaba, uma das praias que é muito procurada por veranistas. Isso tudo ainda permite à Polícia Militar focar suas ações, com o efetivo normal do batalhão, em outras áreas com maior incidência em outros crimes”, ressaltou Seixas.
De acordo com o levantamento feito de 1º de setembro a 8 de novembro, e comparado ao período de 1º de julho a 30 de agosto deste ano, quando o Programa ainda não funcionava, a criminalidade diminuiu, conforme a seguir:
Centro da cidade
No centro da cidade houve uma redução de 35% no roubo a transeunte e 34% nos furtos de veículos. Os demais dados apresentam, em geral, estabilização ou pequeno decréscimo.
Japuíba
Na Japuíba, a redução nos roubos aos transeuntes foi de 29% e de 72% nos roubos de veículos, seguido de queda de 43% nos roubos em estabelecimentos comerciais e de 57% nos roubos de aparelhos de celular.
Parque Mambucaba
No Parque Mambucaba, já se nota a redução de delitos como roubo de celular e roubo a transeuntes, bem como não foram registrados crimes conexos na área atendida, como roubos à estabelecimento comercial.
Hospital Geral da Japuíba
Um dos locais onde não havia nenhum tipo de policiamento anteriormente, o HGJ possuía o registro de furto de objetos como celular no interior da unidade. Hoje, com o PROEIS, tais ações não foram mais registradas e tanto os pacientes como os profissionais que atuam no Hospital têm se declarado sentir muito mais seguros com a presença da polícia.
Ilha Grande
O trabalho do PROEIS na Ilha Grande não se restringe ao combate à criminalidade nas ruas, mas também no apoio às ações realizadas pela Prefeitura de Angra, através da Fiscalização de Postura do Município no combate ao comércio irregular ou de degradação ao meio ambiente. Na Vila do Abraão o número de roubos e violência praticamente zerou após a implantação do PROEIS, que já este mais que dobrou o número de policiais militares disponíveis na Ilha, durante a alta temporada.
Vila Histórica de Mambucaba
Embora seja um lugar pequeno e aparentemente tranquilo, a Vila Histórica, em período de feriados prolongados ou na alta temporada (de novembro até após o Carnaval), recebe um grande número de visitantes. A partir deste mês, o PROEIS disponibilizou vagas focadas na localidade, principalmente nos finais de semana, atendendo a reivindicação da própria comunidade.