Mais um ato em favor do emprego no BrasFels

A prefeitura se uniu a uma comitiva de vereadores e lideranças sindicais para pedir mudança em Medida Provisória prejudicial ao setor

Quarta-Feira, 08/11/2017 | Superintendência de Comunicação

A Prefeitura de Angra, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, participou de uma reunião ocorrida na tarde da última segunda-feira (6), na sede do Ministério da Agricultura, no Rio de Janeiro, com o deputado federal , relator da Medida Provisória – MP 795/2017, de autoria do presidente da República, que previa que os bens importados não poderiam permanecer definitivamente no Brasil sem o pagamento de tributos, o que poderia causar prejuízo à indústria naval brasileira.
A reunião foi agendada pelo diretor de Relações Internacionais da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro – FIRJAN, e contou com a presença, além da prefeitura, de várias autoridades e lideranças sindicais. O relator alterou o item por emenda e retirou a Indústria Naval da proposta, evitando assim prejudicar a recuperação dos estaleiros nacionais, incluindo o Brasfels.
Além do secretário de Desenvolvimento Econômico, do deputado relator da MP, estiveram na reunião, dois vereadores angrenses, representante do Sindicato dos Metalúrgicos; presidente da Funtresv (Fundação dos Trabalhadores do Estaleiro Verolme); o diretor de Relações Internacionais da FIRJAN; o Superintendente Federal de Agricultura, além do Prefeito de Paraty e o vice-prefeito de Rio Claro.