GT da Ilha Grande acerta medidas para atendimento de saúde

Secretário de Saúde participou do encontro desta terça-feira na sede da TurisAngra. Reformas em postos de saúde estiveram na pauta

Terça-Feira, 24/10/2017 | Superintendência de Comunicação

Um pacote de ações foi acertado ontem, segunda-feira (23), entre a Secretaria Municipal de Saúde e representantes de associações de moradores durante reunião do Grupo de Trabalho da Ilha Grande. Dentre os principais pontos foi acertada a visita de um funcionário do município, já na próxima semana, para fazer um levantamento das obras necessárias para as reformas dos postos de saúde localizados na Vila do Abraão e no Saco do Céu. Além disto, está previsto o transporte de uma ambulância permanente para a Vila do Abraão.
O secretário de Saúde, Renan Vinicius Santos de Oliveira, acertou a visita de um arquiteto da prefeitura para a próxima semana. Ele fará um levantamento das obras necessárias no posto de saúde do Saco do Céu que, segundo o presidente da associação de moradores local, André Luiz Trindade. Há necessidade de reparos na parte hidráulica e elétrica. O posto atende a cerca de 1.700 moradores. Já no Posto do Abraão é preciso finalizar a pintura externa.
“Esta reunião do GT foi muito produtiva e terminou com ações concretas a serem iniciadas imediatamente para as comunidades da Ilha Grande”, disse o presidente da TurisAngra, Carlos Henrique Souza de Vasconcelos. Além dele, do secretário de Saúde e do presidente da Associação de Moradores e Amigos do Saco do Céu, participaram da reunião do GT o subprefeito da Ilha Grande, Jessi Batista, e o presidente da Associação de Moradores e Amigos da Vila do Abraão, Alberto Marins.
Acompanhado de dois assessores, Renan Vinícius informou que a secretaria já disponibilizou uma ambulância permanente para a Vila do Abraão e que o transporte do veículo de barco, do continente até a ilha, depende apenas de detalhes burocráticos, podendo ocorrer nos próximos dias. Também para breve, ficou determinada a chegada de enfermeiros e auxiliares de enfermagem para os postos da ilha. Segundo o secretário, estes profissionais serão transferidos do Hospital Geral da Japuíba, que faz parte atualmente de um programa de realocação de pessoal.
Outra decisão foi quanto ao horário de trabalho e à região de atuação dos agentes comunitários, uma queixa frequente dos moradores da ilha. A secretaria enviará um documento para as associações com todas as informações sobre a atuação dos agentes na ilha.
“Estamos em um momento importante da gestão municipal e temos todo o foco para atender as comunidades da Ilha Grande”, finalizou Renan Vinicius.