Obra em área de proteção permanente no Ariró é demolida

Secretaria de Meio Ambiente pede a todos para consultar o órgão antes de comprar qualquer terreno ou imóvel no município

Sexta-Feira, 06/10/2017 | Superintendência de Comunicação

A Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, e da Secretaria Executiva de Meio Ambiente, realizou ontem ((5), a demolição de uma obra realizada sem licenciamento e em área de proteção permanente (APP), no Ariró. A construção, de médio a grande porte, tinha características de uma pousada e já havia sido notificada no dia 12 passado e autuada. Além de o proprietário ficar sem o prédio, ainda terá que pagar o custo da demolição. A equipe da secretaria informa que, a partir de agora, a fiscalização sobre este tipo de infração será intensificada e pede aos moradores que, antes de efetuar a compra de qualquer imóvel ou terreno, procure o órgão para saber se existe algum tipo de restrição.
No município existem muitas áreas protegidas e, dependendo da infração, é demolição sumária, sem a necessidade de notificação, como as construções realizadas em áreas públicas, APPs e áreas de risco. “É importante que o morador procure a Secretaria antes de comprar qualquer imóvel e o órgão está preparado para responder rapidamente a situação do terreno ou imóvel”, salientou o secretário Executivo de Meio Ambiente, Mário Reis.
Para consultar qual a real situação da obra que deseja fazer na cidade, basta se dirigir até a secretaria, na Rua do Comércio, nº 17 ou mesmo pelo telefone através do número (24) 3368-6418.