Criançada fez a festa no Festival Dente de Leite de Futsal

224 crianças participaram do torneio, distribuídas por 26 equipes. O time do Cepe foi o campeão do festival

Segunda-Feira, 02/10/2017 | Superintendência de Comunicação

A bola rolou no ginásio do Colégio Naval no último sábado (30), para o Festival Dente de Leite de Futsal, competição promovida pela TV Rio Sul, que teve o apoio da Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania e da Secretaria Executiva de Esportes e Lazer.
O torneio reuniu 26 equipes na faixa etária de 6 a 10 anos, incluindo equipes dos pólos esportivos da Prefeitura de Angra, o PEC (Programa de Esportes para Crianças) e Gol Social, e também de clubes, entidades e projetos sociais voltados para escolinhas de futsal no município.
Participaram do festival em sua 24ª edição, os times Família A e B, Aquidabã A e B, Águias da Bola A e B, Escolinha Nota 10 A e B, Escolinha do Walter A e B, Cepe A e B, equipes do projeto social Gol Social dos pólos do Parque Mambucaba/Bracuí, Rua Mangaratiba, Nova Angra/Encruzo da Enseada, Serra D’Água/Belém e Monsuaba/Gamboa, BNH, Porteira A e B, Camisa 10, Renascer F. C., Camorim Pequeno PEC, Expressinho, Camorim Grande, e Escolinha Morro do Peres.
Mais de 220 crianças participaram do Festival Dente de Leite de Futsal. Foi quase um dia inteiro de bola rolando nas duas quadras do ginásio do Colégio Naval, com a garotada fazendo a festa dentro das quatro linhas e nas arquibancadas, os pais vibrando com os seus filhos em uma grande integração do esporte.
O vencedor da etapa Angra dos Reis, do 24º Festival de Dente de Leite de Futsal foi o time do Cepe (Clube dos Empregados da Petrobras), da Vila Residencial da Petrobras, do instrutor Ademir da Guia. Em segundo lugar ficou a equipe da escolinha de futsal da Porteira, da Japuíba, e em terceiro lugar o time do Aquidabã, comandando pelo instrutor Alexandre Mão.
Angra bateu o recorde de equipes participantes entre as etapas promovidas pelo festival em cidades da região. Foram 26 equipes, 224 crianças, e apenas uma menina, Kelyandra Ares da Silva, de 10 anos, da escolinha do projeto Gol Social, da Secretaria de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania. O ginásio do Colégio Naval ficou lotado e o que não faltou foi empolgação da criançada e de seus pais, que das arquibancadas, incentivaram seus filhos.