Vão começar as inscrições no PROEIS Angra

Os policiais militares poderão se inscrever a partir do dia 21 de setembro no site da Coordenadoria do PROEIS, www.proeis.rj.gov.br

Quinta-Feira, 14/09/2017 | Superintendência de Comunicação

Após cerca de dois meses de negociação e formalização do convênio, a Prefeitura de Angra, através da Secretaria de Administração e Superintendência de Segurança Pública, comunica que a partir do dia 21 de setembro, os policiais militares poderão de inscrever no Programa de Integração na Segurança (PROEIS), que funcionará sob a coordenação da Superintendência de Segurança Pública, representando a Prefeitura de Angra, e CPROEIS (Coordenadoria do PROEIS), representando a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ).
Para se inscrever, os policiais militares deverão estar cadastrados no site da Coordenadoria do PROEIS www.proeis.rj.gov.br, onde vão poder verificar os locais de serviço e as escalas disponíveis. Para retirar quaisquer dúvidas, poderão entrar em contato com a CPROEIS pelo telefone (21) 2334-9902 e com a Superintendência de Segurança Pública pelo telefone (24) 3377-8381, pelo e-mail seguranca@angra.rj.gov.br, ou mesmo através da fanpage do órgão no Facebook https://www.facebook.com/segurancaangra.
Serão ofertadas vagas visando reforçar a segurança em todo o município, incluindo a Ilha Grande e o Hospital Geral da Japuíba, que passará a contar com um militar de serviço 24 horas por dia. Há a previsão, inclusive, de emprego de oficiais no serviço. O pagamento a ser feito aos policiais militares se dará por meio da PMERJ, não havendo possibilidade de interrupção causada por arrestos de contas do Estado, situação essa que no passado prejudicou o funcionamento do serviço e o atraso no recebimento dos valores devidos em alguns convênios que estavam em vigor.
Segundo o Major PM Francisco Seixas, superintendente de Segurança Pública, o convênio de Angra dos Reis ainda contará com um diferencial: “Em geral os convênios firmados entre as prefeituras, empresas e órgãos públicos com a Polícia Militar não preveem um apoio complementar ao policial. Em Angra, estamos procurando parceiros que possam dar esse suporte, de forma que o militar ao tirar serviço em qualquer parte do município, possa ter garantida sua alimentação e, no caso da Ilha Grande, também o transporte. Dessa forma, procuramos garantir que o valor a ser recebido pelos os policiais, seja o maior possível, diminuindo seus gastos enquanto estiver trabalhando pela nossa população.”
Ainda segundo o Major Seixas, “isso mostra o reconhecimento do governo municipal e seu empenho na área de segurança”. O superintendente de Segurança Pública afirmou que durante muito tempo o PROEIS foi uma promessa em Angra e sempre gerou muita expectativa, e o governo municipal tomou a decisão política de retirar do papel um dos projetos que tem tido muito sucesso no apoio às atividades policiais no estado e atendendo as demandas da população.
“Esse investimento e suporte dado pelo poder público aos policiais militares será um reconhecimento àqueles que se dedicam à nossa segurança, inclusive nos seus horários de folga, e que virão reforçar a segurança de todos os angrenses e turistas,” finalizou o superintendente.