Futebol de praia de Angra tem o Família como campeão

O empate já daria o título a equipe, mas veio a vitória de 2 a 0. Família conquista o Super de Praia 2017 de maneira invicta

Segunda-Feira, 11/09/2017 | Superintendência de Comunicação

O futebol de praia no Aterro do São Bento voltou aos seus velhos tempos. No último sábado, 9, aconteceu a decisão do Supercampeonato de Futebol de Praia de 2017, e o campeão foi o time do Família, com origens na comunidade do Morro do Santo Antônio. Na final contra o Uns e Outros, vitória do Família por 2 a 0, com gols de Elias, aos 26 do 1º tempo, e Biro-Biro, aos 9 minutos da 2ª etapa. Bastava o empate para conquistar o título e levantar o troféu Márcio da Fla Angra, mas o time do Família foi agressivo desde o começo do jogo e mereceu a vitória e fez jus ao título de maneira invicta.
O Família levanta o caneco com uma campanha de onde em oito jogos marcou 22 pontos, obteve sete vitórias, um empate, nenhuma derrota, marcou 22 gols, sofreu sete gols e tem um saldo de 15 gols. Durante a festa de premiação, o capitão e lateral esquerdo Whashington ergueu o troféu, entregue a ele pelo vice-presidente geral do Clube de Regatas do Flamengo, Maurício Mattos, que veio prestigiar a final, pelo fato da competição levar o nome do saudoso Márcio da Fla Angra.
Quem também estava na cerimônia da entrega dos troféus aos campeões, foi a viúva do homenageado, Angela Maria Ferreira, que ao lado de um dos seus netos, Matheus, ficou bastante emocionada. O secretário Executivo de Esportes e Lazer, Jorge Eduardo Mascote, falou um pouco da história de Márcio da Fla Angra, referendando a justa homenagem feita pela organização do Super de Praia, a Lifpar (Liga Independente de Futebol de Praia de Angra dos Reis).
O capitão do Uns e Outros, o jogador Felipe, recebeu das mãos do neto do homenageado, Matheus, o troféu do vice-campeonato, enquanto Ângela fez a entrega do troféu ao artilheiro da competição com 15 gols, o atacante Roni, do Barbosa, e o goleiro menos vazado do campeonato, que sofreu sete gols, Gabriel, do Família, recebeu o seu troféu das mãos do vice-presidente do Flamengo, Maurício Mattos.
O Família teve uma trajetória bonita e levantou a taça no Super de Praia contando com o seguinte elenco de jogadores: Gabriel, Miguel, Buiú, Leandrão, Flávio, Igor, Elias, Washington, Cícero, Parázinho, Biro-Biro, Francisco, Rudson, Alan, Alanzinho, Vitor, Lu, Rui, Júnior Jackson, Patrício, PC e Lucas e na comissão técnica, Bruno Machado, Tiago e Victor, e na diretoria Marcelinho (Presidente), Marlon (vice-presidente), Pablo do Pão (Conselheiro) e Elton (Secretário).

Em outubro tem a Copa Angra

A Lifpar (Liga Independente de Futebol de Praia de Angra dos Reis) fecha o ciclo do Supercampeonato de Futebol de Praia com um balanço positivo e no raio-x da competição, foram registrados os seguintes números: Foram marcados 279 gols nas 67 partidas realizadas, dando uma média de 4,2 gols por jogo.
E a entidade já começa a organizar a disputa da próxima competição do calendário de 2017 da primeira divisão do futebol de praia do Aterro do São Bento. Vem aí, agora, a Copa Angra, que tem previsão de começo no dia 7 de outubro, e que irá reunir Família, Marinas, Marítimo, Vasco Angra, Palmeiras, Fortaleza, Pé de Cana e Veleiro.
As equipes que vão disputar a Copa Angra são filiadas a Lifpar, e são as que mais pontuaram ao longo de toda a primeira fase do Super de Praia. Destes oito times que vão disputar a Copa Angra, Pé de Cana e Veleiro, 9º e 10º colocados na fase classificatória, ficaram com as vagas dos convidados Uns e Outros e Barbosa, que tiveram melhor classificação na competição em sua primeira fase, porém, como já previa o regulamento, somente os times filiados à entidade poderiam participar da Copa Angra.