Estácio divulga resultado do vestibular de medicina em Angra

Entre os angrenses que ganharam bolsa integral está Raissa de Souza Barbosa, que foi a primeira colocada entre os bolsistas e 11ª geral do vestibular

Terça-Feira, 29/08/2017 | Superintendência de Comunicação

A Universidade Estácio de Sá já divulgou em seu site www.estacio.br/medicina, o resultado do vestibular de medicina para a primeira turma do campus de Angra dos Reis, no Polo Universitário Professor Jair Travassos, em Jacuecanga. Na lista dos 55 aprovados estão os seis estudantes angrenses que ganharam bolsa integral para o curso, sendo cinco mulheres e um homem: Raíssa de Souza Barbosa, Danilo de Oliveira, Nayane Maryane Santiago Malvão, Emanuelli da Silva Moncao Soares, Jéssica do Nascimento Ferreira e Vitória Lopes Soares Cordeiro.
O primeiro colocado do vestibular, não bolsista, foi Yuri Tkao Shinozaki. Raíssa tem 19 anos, sempre estudou em colégio público, e cursou no Celamm (Colégio Estadual Leopoldo Américo Miguez de Mello), na Vila da Petrobrás, e no Colégio Estadual Conde Pereira Carneiro, no bairro do São Bento. Ela foi a primeira colocada entre os bolsistas e a 11ª na classificação geral do vestibular. Danilo de Oliveira, de 18 anos, morador de Jacuecanga, ficou com a segunda posição entre os bolsistas e na 72ª colocação no vestibular da Estácio.
Jéssica, que conseguiu a quinta bolsa, tem 18 anos, teve sua formação estudantil no Ceim (Centro Educacional Inácio Medeiros) de Jacuecanga, BNH, bairro em que mora, e atua, desde 2009, como integrante do 27º Grupo Escoteiro (GE) Mar Cornelis Verolme, e a função de escotismo a fez reafirmar à sua vocação para medicina. Há cerca de dois anos seu pai está desempregado, e sua mãe é a única que trabalha atualmente, e é quem sustenta à família, com o salário mínimo que recebe.
“Sempre quis ajudar e cuidar das pessoas desde quando aprendemos no grupamento de escoteiros a lidar com os primeiros socorros. Estou muito feliz em ter passado em medicina e agradeço muito a um professor de biologia, Rodrigo, que me inspirou muito a gostar da matéria e que me fez tomar a decisão por cursar medicina”, disse Jéssica, que sempre tirou notas altas na escola.
Vitória, de 19 anos, moradora na Japuíba, fez vestibular pela primeira vez e admite que sempre foi “fera” em biologia, e estudou no Ceav (Colégio Estadual Arthur Vargas). Além da vocação em medicina, Vitória tem aguçado o seu dom para as artes. Ela é atriz, faz teatro há cinco anos, e é integrante do grupo Artêros. “Estudei muito para passar. Virei muitas noites estudando, buscando concretizar o sonho de cursar medicina. Meus pais estão muito felizes por eu ter passado no vestibular e também pelo fato de fazer faculdade na minha cidade, perto dos meus familiares e amigos. Estou ansiosa pelo início das aulas, que já está próximo”, comentou a entusiasmada Vitória.
Os 55 alunos da primeira turma de medicina de Angra na Estácio iniciam suas trajetórias rumo à futura profissão de médicos na próxima segunda-feira, 4, às 7h50, quando começam as aulas. Para os seis bolsistas angrenses, um momento de comemoração especial, pois farão o curso de graça, na sua cidade, e que dificilmente teriam condições de pagar uma faculdade, principalmente de medicina. O valor do curso completo de medicina na Estácio custaria para cada aluno cerca de R$ 800 mil.