Prefeitura e ONG Viva Rio debatem rede de proteção social

Encontro entre o prefeito e dirigentes da ONG será nesta sexta-feira, 18, às 11h, na sede da prefeitura

Quarta-Feira, 16/08/2017 | Superintendência de Comunicação

A Prefeitura de Angra dos Reis e a ONG Viva Rio começam a debater, na próxima sexta-feira, 18, o projeto social destinado a criar uma rede de proteção social nas comunidades de Angra dos Reis. O projeto visa atender as áreas carentes do município e que sofrem com constantes conflitos sociais. Nesta primeira reunião, o prefeito Fernando Jordão irá receber os dirigentes da Viva Rio, Rubem Cesar Fernandes e Ronaldo Lapa, às 11h, na sede da prefeitura.
A atuação da ONG neste contexto não é inédita. Ela já trabalhou com este modelo no Rio de Janeiro e, recentemente, no Haiti. No município de Paraty, a Viva Rio vem desenvolvendo o projeto batizado de “Viva Paraty 3.0”, cujo foco é a redução da violência armada na cidade.
O projeto tem como base questões como segurança humana, integração da cidade e jovens em situação de risco. Através da identificação de integração de comunidades na indústria do turismo, incentivo a criação de microiniciativas de hospitalidade, intervenções urbanísticas criadas por concursos e valorização de eventos regulares para a celebração de progressos em processos de pacificação.